Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/26381
Título: As farpas letais do tridente: procedimentos de lançamento/recolhimento de mergulhadores de combate considerando o emprego dos futuros submarinos convencionais (S-BR) e nucleares(SN-BR) da Marinha do Brasil
Orientador(es): Almeida, Francisco Eduardo Alves de
Autor(es): Lisboa, Rodney Alfredo Pinto
Palavras-chave: Submarinos nucleares
N8 - SUBMARINO (DGPM-305)
Submarinos nucleares - Operações navais
Mergulhadores de combate - Marinha do Brasil
Data do documento: 2016
Descrição: Dissertação (mestrado) - Escola de Guerra Naval, Programa de Pós-Graduação em Estudos Marítimos (PPGEM), Rio de Janeiro, 2016.
Introduzido como arma de guerra no século XVIII, nos períodos subsequentes o submarino vivenciou profundas mudanças relacion adas a forma de emprega - lo estrategicamente, passando de uma plataforma destinada à destruição de outras embarcações para figurar como símbolo máximo da estratégia de dissuasão. No alvorecer do século XXI, por ocasião da natureza indistinta das ameaças con temporâneas, as plataformas submarinas se responsabilizaram por desempenhar tarefas múltiplas, entre as quais, devido à recente projeção experimentada pelas FOpEsp (Forças de Operações Especiais), inclui o suporte às unidades desse tipo. Assim, considerand o as capacidades do submarino para conduzir o lançamento/recolhimento de MECs (Mergulhadores de Combate), este estudo busca identificar as competências dos novos submarinos convencionais (S - BR) e nuclear (SN - BR) da Marinha do Brasil para operar em apoio às Operações Especiais. Para tanto, devido ao fato de que muitas informações r elevantes originam - se do conhecimento empírico (não disponíveis em fontes bibliográficas ou documentais ), optamos por adotar a técnica metodológica de “observação direta intensiva” de modo a subsidiar o conhecimento obtido a partir de outros instrumentos (entrevistas e referências bibliográficas) . Essa investigação acadêmica conclui, portanto, que por julgar as FOpEsp como uma alternativa tática, ao mobilizar esforços para projetar suas novos submarinos, a Marinha do Brasil, diferente do que ocorre com países que detêm essa expertise, considerou os requisitos específicos dos MECs para essa plataforma apenas de forma lacônica, subestimando a capacidade das unidades de elite de serem e mpregadas em um contexto estratégico.
Abstract: Introduced as a weapon of war in the XVIII century, in following periods the submarine experienced profound changes related to how to employ it strategically, from a platform to the destruction of other vessels to rank as the ultimate symbol of deterrence strategy. At the beginning of the twenty - first century, at the i ndistinct nature of contemporary threats, submarine platforms were responsible for performing multiple tasks, including due to the recent projection experienced by SOF (Special Operations Forces), includes support to such units. Thus, considering the subma rine's capabilities to lead the launch/retract MECs (Mergulhadores de Combate [Combat Divers]), this study seeks to identify the skills of new conventional submarines (S - BR) and nuclear submarines (SN - BR) of the Brazilian Navy to operate in support to Spec ial Operations. To do so, due to the fact that many relevant information originate from empirical knowledge (not available in bibliographic or documentary sources), we adopted the methodological technique of "intensive direct observation" in order to suppo rt knowledge obtained from other instruments (interviews and references). This academic research therefore concludes that by judging the SOF as a tactical alternative, to mobilize efforts to design their new submarines, the Brazilian Navy, unlike what happ ens with countries that have this expertise, considered the specific requirements of the MECs for this only platform tersely, underestimating the ability of the elite units to be employed in a strategic context.
URI: http://www.redebim.dphdm.mar.mil.br:8080/pergamumweb/vinculos/000015/0000155e.pdf
http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/26381
Aparece nas coleções:Engenharia Naval: Coleção de Dissertações
Operações Navais: Coleção de Dissertações

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
0000155e.pdf2,39 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.