Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/451251
Título: Interpretação de informações meteorológicas: apresentação do acidente do Titanic
Autor(es): Sveilis, Jessica Rany
Palavras-chave: meteorologia
Meteorologia
Acidentes marítimos
Data do documento: 2014
Editor: Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (CIAGA)
Descrição: CIAGA. A viagem inaugural do Titanic havia sido uma sensação à época e é uma das tragédias mais estudadas e pesquisadas até hoje, que já foi retratada na literatura e reproduzida nas telas de cinema. OTitanic,que havia sido intitulado como “o navio que não afunda”,ainda gera discussões mesmo apósmais de um século de sua tragédia as quaislevaram a investigações e teorias de pesquisadores e cientistas através de Mapas Sinóticos, da análise do tempo, da rota da viagem e, mais recentemente, da influência dos astros. Para que se possa analisar o acidente, inúmeras informações meteorológicas foram interpretadascomo Cartas Sinóticas, Mapade Anomaliade Temperatura da Superfície do Aralém de Avisos de Icebergs. Para as análises das condições do tempo no dia do acidente do referido navio, foramindicadosconceitos que englobam Meteorologia e Oceanografia. Na parte da Meteorologia foram apresentados conceitos de Radiação Solar, Temperatura do Ar, Temperatura da Superfície do Mar (TSM), Pressão Atmosférica, Circulação do Ar nas Altas Pressões e Baixas Pressões, Característica da Circulação Oceânica no Hemisfério Norte, Massas de Ar e Frentes, Aspectos Importantes dos Sistemas Frontaise Análise de Cartas Sinóticas. Ainda, foram abordados conceitos de Marés, Correntes Oceânicas e Navegação no Gelo, conceitosestesimportantes na parte de Oceanografiaa fim de que se tenha um maior embasamento. A partir dasanálises feitas, concluiu-sequeas condições meteorológicas naquele dia não foram as causas da tragédia e sim a negligência da interpretação das informações meteorológicas.
Abstract: The maiden voyage of the Titanic was a sensation at the time and is one of the most studied and researched today tragedies, what has been portrayed in literature and played on the big screen. The Titanic, which was titled as "the ship that does not sink" also raises questions even after more than a century of his tragedy which led to investigations and theories of researchers and scientists through synoptic maps, the analysis of time, route of travel and, more recently, the influence of the stars. To be able to analyze the accident, numerous meteorological information was interpreted as Synoptic Cards, Map of Anomaly Temperature Surface Air plus Notices of Icebergs. For the analysis of weatherconditions on the day of the accident the vessel, concepts that encompass Meteorology and Oceanography indicated.In the Meteorology concepts of Solar Radiation, Air Temperature, Sea Surface Temperature (SST), Atmospheric Pressure, Air Circulation in the High Pressure and Low Pressure, Feature Ocean Circulation in the Northern Hemisphere, Air Masses and Fronts were presented, Important Aspects of Frontal Systems Analysis and Synoptic Charts. Still, the concepts of Tides, Currents and Ocean Navigation in Ice part in these important concepts of Oceanography in order that it has a greater foundation were addressed. From the analyzes, it was concluded that the weather conditions that day were not the causes of the tragedy, but the neglect of the interpretation of weather information.
URI: http://www.redebim.dphdm.mar.mil.br/vinculos/000003/00000322.pdf
http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/451251
Aparece nas coleções:Ciência, Tecnologia e Inovação: Coleção de Trabalhos de Conclusão de Curso
Hidrografia e Navegação: Coleção de Trabalhos de Conclusão de Cursos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
00000322.pdf1,44 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.