Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/841478
Título: A importância da participação da aviação naval nas atividades benignas como forma de desenvolver a capacidade de atuar na contarinsurgência: estudo do emprego do poder aéreo pela contrainsurgência no Afeganistão 2009 – 2011
Orientador(es): Nagashima, Ohara Barbosa
Autor(es): Anjos, Alexander Moreira dos
Palavras-chave: Aviação naval
Operações navais - treinamento
F - ENGENHARIA NAVAL (DGPM-305)
Contrainsurgência
Operaçoes humanitarias. Afeganistão
Poder aéreo. Brasil - Afeganistão
Data do documento: 2015
Descrição: O emprego de meios militares pela contrainsurgência na Guerra Irregular vem sofrendo alterações desde a Guerra do Vietnã, os motivos estão nas características do adversário, na forma como ele se movimenta e na maneira como busca atingir seus objetivos. Utilizando o apoio de teorias que tratam da importância da conquista de corações e mentes, buscou-se uma compreensão das ações da contrainsurgência no Afeganistão no período de 2009 a 2011. A geografia complexa e a mobilidade da insurgência fizeram com que a aviação fosse o meio mais eficaz de combate à subversão. Verificou-se que o emprego do poder aéreo era calcado nessas teorias, onde conclui que o sucesso da contrainsurgência deveu-se a utilização da doutrina da conquista de corações e mentes. A partir desta percepção, foi estabelecido o propósito da pesquisa, que é analisar a possibilidade do emprego da Aviação Naval na Guerra Irregular em ações de contrainsurgência, numa situação específica, enfatizando as missões de caráter humanitário. Para essa analise, estudou-se a visão da contrainsurgência estadunidense e a participação da OTAN nessa Guerra. Concluiu-se que o emprego do poder aéreo nas constantes missões humanitárias aproximou o Estado da população. Essas ações tangíveis geravam uma percepção de preocupação do Estado. Este fato legitimou o Poder Local e isolou a população do insurgente, permitindo a pacificação do Afeganistão. Transladada essa situação para o Brasil, para a análise do propósito, observam-se no nosso território, algumas situações propícias para a formação da subversão: fronteiras porosas, crimes transnacionais na vizinhança, grupos revolucionários e outras. Os documentos brasileiros de alto nível de Defesa citam as missões Humanitárias como uma prioridade. Desta forma concluímos que, como forma de treinamento e capacitação, é importante a participação da Aviação Naval em exercícios e missões humanitárias, visando um aprestamento apurado dos meios e suas equipagens para o emprego na Guerra Irregular.
URI: http://www.redebim.dphdm.mar.mil.br/vinculos/000011/000011b7.pdf
http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/841478
Aparece nas coleções:Operações Navais: Coleção de Trabalhos de Conclusão de Curso
Aeronáutica: Coleção de Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
000011b7.pdf309,92 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.