Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/843556
Título: Otimização da produção de substâncias de interesse comercial em nannochloropsis oculata:a importância do ferro e do estresse fisiológico
Orientador(es): Gonzalez-Rodriguez, Eliane
Autor(es): Faé Neto, Wladimir Angelino
Palavras-chave: V - CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO (DGPM-305)
V2 - BIOTECNOLOGIA MARINHA (DGPM-305)
Microalga
Alga marinha.
Data do documento: 2018
Descrição: Dissertação (mestrado) - Programa Associado de Pós-Graduação em Biotecnologia Marinha IEAPM/UFF, Arraial do Cabo, 2018.
Bibliografia: p. 90-99.
Microalgas são organismos fotossintetizantes responsáveis por grande parte da absorção de dióxido de carbono (CO 2 ) e cerca de 40% da fotossíntese total do planeta. Além da produção de microalgas para a alimentação, tanto humana como para o cultivo de animais, e da produção de bicombustível, as microalgas e seus compostos são utilizados em cosméticos, nutracêuticos, remédios, na i ndústria alimentícia como conservantes e corantes. Existem espalhadas ao redor do mundo inúmeras empresas voltadas para a produção de microalgas e seus biocompostos. Nannochloropsis oculata é uma espécie de grande interesse biotecnológico pelas diversas bi omoléculas que ela produz. Entre as substâncias produzidas por esta microalga estão carotenoides como astaxantina, zeaxantina e betacaroteno que tem grande aplicabilidade no mercado. Além disso , essa espécie pode conter altas concentrações do ácido eicosapentaenoico (C20:5 n - 3) e mais recentemente estudos investigam su as características para ser usada como fonte de biodiesel por possuir um perfil de ácidos graxos adequado. Essa dissertação buscou otimizar a produção de pigmentos e ácidos graxos em N annochloropsis oculata em meios de baixo custo, para isso foram realizados dois experimentos . O primeiro experimento buscou alternativas entre proporções de nutriente s utilizando fertilizantes, onde foi acompanhado o crescimento (densidade celular e bioma ssa), nutrientes (nitrito, nitrato, amônia e fosfato), pH, temperatura, salinidad e e concentração de pigmentos (analisadas por HPLC). A partir disso foi observado uma produção maior e com menor custo de carotenoides em um meio composto por 300 mg.L - 1 de sulfato de amônia, 7,5 mg.L - 1 de ureia e 25 mg.L - 1 de superfosfato de cálcio. Com base nesse resultado foi realizado um segundo experimento para avaliar a interferência do ferro no perfil de pigmentos e no perfil de ácidos graxos . Fo ram feitos seis tra tamentos: A - Meio Conway, B - Meio Conway com adição de ferro na fase estacionária, C - Meio fertilizante com 1,5 vezes a concentração de amônia, D - Meio fertilizante com 1,5 vezes a concentração de amônia com adição de ferro na fase estacionária , E - Meio fertilizante com 1,5 vezes a concentração de amônia com adição de ferro no início do cultivo e F - Meio fertilizante com 1,5 vezes a concentração de amônia com adição de ferro no início e ao atingir a fase estacionária do cultivo. A concentração de ferro (F eCl 3 ) inicial nos meios E e F foi de 0 , 12mmol.L - 1 . Os parâmetros avaliados foram os mesmos do primeiro experimento com a adição da análise de ácidos graxos ao final do experimento e análise dos parâmetros Fv/Fm, ETRm, NPQ, alfa e Ek com fluorimetria PAM. A adição de ferro no início do experimento trouxe benefícios para a cultura, com maiores índices de Fv/Fm (~0,6) , maior produtividade de clorofila - a (6mg.L-1) e carotenoides totais (2mg.L-1) com alta proporção de zeaxantina, betacaroteno e astaxantina. A adição de ferro na fase estacionária gerou aumento de zeaxantina no tratamento D, o qual foi relacionado com a queda de pH que ocorreu devido essa interferência. O perfil de ácidos graxos não apresentou diferenças entre os tratamentos com dominância de C16 :0, C16:1 e C18:1.
URI: http://www.redebim.dphdm.mar.mil.br/vinculos/00001b/00001b79.pdf
http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/843556
Aparece nas coleções:Ciência, Tecnologia e Inovação: Coleção de Dissertações

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
00001b79.pdf1,62 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.