Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/844234
Título: A importância da liderança na Marinha do Brasil na motivação e retenção dos oficiais da geração Y
Orientador(es): Delgado, Archimedes Francisco
Autor(es): Pires, Helio Camargo de Toledo
Palavras-chave: G - ENSINO (DGPM-305)
G5 - LIDERANÇA (DGPM-305)
Geração Y
Marinha do Brasil
Retenção
Motivação
Data do documento: 2018
Editor: Escola de Guerra Naval (EGN)
Descrição: O início do século XXI nos mostra um mundo com significativas transformações e novas tendências. O rápido desenvolvimento da ciência, produzindo complexos equipamentos e avanços tecnológicos como, por exemplo, a ferramenta da Internet, que permite acesso rápido e instantâneo à informação, demanda uma contínua necessidade de adaptação por parte das instituições. A atualidade indica que a abordagem situacional é adequada ao líder de hoje, na medida em que deva possuir um requisito básico: a capacidade de identificar as variáveis situacionais, estando, portanto, melhor preparado para as mudanças. Dessa forma, os desafios dos dias de hoje fazem com que o papel dos líderes em qualquer organização seja cada vez mais importante para a motivação e retenção de pessoal. O cenário atual nos mostra, portanto, que o capital intelectual reveste-se no principal ativo de uma instituição como a MB, uma vez que a perda de pessoal pode representar anos de investimento desperdiçado e uma interrupção no desenvolvimento sadio da organização. Na Marinha do Brasil, como em qualquer outra organização de grande porte, observamos um ambiente multigeracional, em que a chamada Geração Y representa, atualmente, importante parcela da força de trabalho. A MB valoriza a meritocracia e a subordinação da vontade do indivíduo à necessidade da instituição e tais pressupostos conflitam com algumas características da referida geração. Entretanto, uma pesquisa realizada com uma amostragem dos Oficiais da Geração Y, oriundos da EN, mostrou que estes, apesar de possuírem traços marcantes de sua geração, também possuem características apresentadas por indivíduos da Geração X, indicando que a cultura organizacional da MB foi bem transmitida e assimilada por esses Oficiais, seja por meio dos cursos de formação, cursos de carreira ou pelo dia-a-dia nas suas OM. Assim, evidencia-se a importância do papel dos líderes em todos os escalões, uma vez que serão os responsáveis por transmitir os valores da MB de forma coerente, transformando-os em hábitos individuais e das esquipes, de forma que seja possível motivar e fidelizar os jovens da Geração Y. A fim de que tal objetivo seja alcançado, os líderes devem identificar os fatores motivadores de cada indivíduo e propiciar um ambiente favorável para o desenvolvimento dos subordinados, valorizando o trabalho e, assim, contribuir para a satisfação profissional. Faz-se necessário, então, que a Marinha do Brasil desenvolva a capacidade de liderança em seus militares, pois dessa forma não apenas estará apta a sobreviver aos desafios e demandas da atualidade, como também será capaz de reter ou minimizar as perdas de pessoal da Geração Y, mantendo-os constantemente motivados. A metodologia utilizada no presente trabalho foi a pesquisa bibliográfica e, para enriquecer as conclusões, foi realizada uma pesquisa de campo. Dessa forma, foi possível atingir o objetivo proposto, que foi a identificação e análise dos principais aspectos de liderança e gestão, assim como os fatores motivadores para a retenção dos Oficiais da Geração Y oriundos da EN.
Apresentada à Escola de Guerra Naval, como requisito parcial para a conclusão do Curso de Política e Estratégia Marítimas.
Abstract: The beginning of the twenty-first century shows us a world with significant transformations and new trends. The fast development of science, producing complex equipment and technological advances, such as the Internet tool that allows quick and instant access to information, requires a continuous need for adaptation by institutions. The current situation indicates that the situational approach is appropriate to the leader, insofar as the leader must have a basic requirement: that capacity to identify the situational variables, thus being better prepared for the challenges. In addition, these challenges make the role of leaders in any organization increasingly important for motivation and retention of staff. The current scenario shows us, therefore, that intellectual capital is the main asset of an institution such as Brazilian Navy (BN), since the loss of personnel can represent years of wasted investment, as well as an interruption in the healthy development of the organization. In the Brazilian Navy, as in any large organization, we observe a ultigenerational environment, where the so-called Generation Y represents an important part of the workforce. BN values meritocracy and subordination of individuals’ wills to the need of the institution and such assumptions conflict with some characteristics of the said generation. However, a survey carried out with Generation Y Officers, from the EN, showed that, although they have traces of their generation, they also gave characteristics present by the individuals of Generation X, indicating that BN Organizational Culture was well transmitted and assimilated by these Officers, whether through training courses, career courses or day-to-day in their Military Organizations. In this way, the importance of the leaders’ role at all levels are highlighted, as they will be responsible to transmit the BN values in a coherent way, transforming them into individual and group habits’, in order to motivate and retain the young Generation Y. For this objective to be achieved, leaders must identify the motivating factors of each individual and provide a conducive environment to the subordinate’s development, valuing work and thus contributing to job satisfaction. The Brazilian Navy must, then, develop leadership capacity in its military, as this will not only enable the institution to survive to the current challenges, but will also be able to retain or minimize the losses of Generation Y personnel, keeping them constantly motivated. The methodology used in the resent study was the bibliographical research and, to enrich the conclusions, a field research was carried out. In this way, it was possible to achieve the proposed objective, which was the identification and analysis of the main aspects of leadership and management, as well the motivating factors for the retention of the Generation Y Officers from EN.
URI: http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/844234
Aparece nas coleções:Ensino: Coleção de Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
C-PEM027-CMG TOLEDO.pdf837,54 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons