Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/29723
Título: A complexidade da questão nuclear da Coreia do Norte:mudança de política externa a China e o dilema dos EUA
Orientador(es): Almeida, Francisco Eduardo Alves de Orientador
Autor(es): Lee, Jeong Oh
Palavras-chave: assuntos militares em geral
ciência militar
355
T10 - GEOPOLÍTICA (DGPM-305)
Coréia do Norte-Relações exteriores-Coréia do Sul
Política externa China Estados Unidos
Data do documento: 2011
Editor: Rio de Janeiro:EGN,
Descrição: EGN:Monografia apresentada à Escola de Guerra Naval, como requisito parcial para conclusão do Curso de Estado-Maior para Oficiais Superiores - C-EMOS.
O objetivo desta monografia é propor uma alternativa para resolver o problema nuclear pacificamente entre a Coréia do Sul e a Coréia do Norte , do ponto de vista do governo sul coreano , em consi deração às alterações na política da China direcionadas à Coréia do Norte, que ocorreram no decorrer do processo para resolver a intenção final do desenvolvimento nuclear da Coréia do Norte, e o dilema dos Estados Unidos da América (EUA) . É difícil julgar com precisão qual seja a intenção final da Coréia do Norte por meio do seu desenvolvimento nuclear, mas em algum nível, é possível inferir através do ambiente de segurança em mutação do Nordeste da Ásia e das recentes atividades diplomáticas da Coréia do N orte. A China, nação aliada mais confiável da Coréia do Norte, não quer que a mesma possua uma arma nuclear. O desenvolvimento nuclear unilateral da Coréia do Norte, que ignora a intenção da China, é considerado como difícil, uma vez que mais de 80% da eco nomia norte - coreana depende da China. Pode - se ver que o método de intervenção da China para o problema nuclear da Coréia do Norte é baseado no nível de sensibilidade à segurança reconhecido pela China. Mesmo que os E UA tenham claros interesses nacionais e estratégias diplomáticas, eles não foram capazes de achar uma solução definitiva para as mudanças na política de segurança da China e a disparidade de percepção entre a Coréia do Norte e os E UA em relação ao problema nuclear; devido à natureza de tal probl ema, o dilema é causado pelo estabelecimento de estratégias diplomáticas óbvias e de opções práticas. No ponto de vista do governo sul coreano, o problema nuclear da Coréia do Norte deve ser resolvido pacificamente, sem um conflito entre os países da regiã o. As medidas práticas a seguir são: primeiro, a Coréia do Norte deve reconhecer claramente que ela não pode atingir o propósito exigido através do desenvolvimento nuclear. Segundo, para resolver isso, é necessário restabelecer a confiança e a assistência mútua entre E UA e China. Em terceiro lugar, isso deve ser resolvido por meio de mudanças internas na Coréia do Norte, tais como reformas e aberturas.
URI: http://www.redebim.dphdm.mar.mil.br/vinculos/00000c/00000c4b.pdf
http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/29723
Aparece nas coleções:Defesa Nacional: Coleção de Trabalhos de Conclusão de Curso
Estudos Militares: Coleção de Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
00000c4b.pdf244,39 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.