Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/450230
Título: Comparação do sangramento pós-operatório entre a cirurgia assistida por computador e a convencional na artroplastia total do joelho
Orientador(es): Costa, Anderson Antonio da
Fraga, Claudio Luis da S.
Macedo, Daniel Guinim
Cabral, Felipe Campos da Costa Rabello
Palavras-chave: Medicina naval - periódicos
Hemorragia
Cirurgia assistida por computador
Artroplastia total do joelho
Ortopedia
Data do documento: 2010
Editor: Arquivos Brasileiros de Medicina Naval
Descrição: Na artroplastia total do joelho (ATJ), há uma perda sanguínea considerável que aumenta as taxas de morbimortalidade. Alguns métodos auxiliam na redução do sangramento per e pós-operatório, e a cirurgia assistida por computador minimiza as perdas sanguíneas pós-operatórias. Objetivo: Avaliar, comparando à técnica convencional, a diminuição do sangramento pós-operatório em pacientes submetidos à artroplastia total do joelho assistida por computador. Métodos: Realizamos um estudo retrospectivo da perda sanguínea pós-operatória em 48 pacientes submetidos à artroplastia total do joelho divididos em dois grupos: um grupo submetido à cirurgia assistida por computador e outro ao procedimento convencional. Utilizamos como parâmetro de avaliação o volume sanguíneo contido no dreno de sucção a vácuo e a diminuição nos níveis de hemoglobina. Ambos os procedimentos foram realizados pelo mesmo cirurgião, na mesma instituição, com a mesma abordagem cirúrgica. A única diferença entre as técnicas empregadas foi o uso dos guias intramedulares femoral e tibial para alinhamento dos componentes na cirurgia convencional e o uso de pinos ósseos para adaptação dos sensores na técnica assistida por computador. Resultados: A drenagem média observada foi de 706 ml no grupo assistido por computador, e 1.047 ml no grupo convencional. A diferença entre os grupos (341 ml) foi considerada estatisticamente significante (p = 0,0005). A diminuição média nos níveis de hemoglobina foi de 2,3 g∕dl no grupo assistido por computador e de 3,2 g∕dl no grupo convencional, apresentando uma diferença de 0.9 g/dl entre as médias, também considerada estatisticamente significante (p = 0,0007). Conclusão: Na artroplastia total do joelho assistida por computador, houve uma redução no volume da drenagem sanguínea e menor queda nos níveis de hemoglobina no pós-operatório comparada à abordagem cirúrgica convencional, comprovada estatisticamente.
URI: http://www.redebim.dphdm.mar.mil.br/vinculos/000002/00000279.pdf
http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/450230
Aparece nas coleções:Saúde: Coleção de Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
00000279.pdf1,02 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.