Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/451121
Título: Poluição por óleo no mar, ocasionado por navios
Orientador(es): Liberal, Fabíola
Autor(es): Araujo, Ricardo Raimundo Mesquita de
Palavras-chave: Poluição do ar
Poluição de óleo em rios, portos, etc.
Data do documento: 2012
Editor: Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (CIAGA)
Descrição: Ao longo dos anos, derramamentos de óleo originados por incidentes no transporte marítimo têm demonstrado grande potencial poluidor. Várias convenções vêm sendo aplicadas com o objetivo de melhorar a qualidade das embarcações e instalações de perfuração resultando melhores condições de segurança para quem quer trabalhar no mar. A poluição causada pelo petróleo é muito tóxica para os animais marinhos e para as aves migratórias, além de prejudicar indiretamente a população que vive no litoral das áreas atingidas. Esses derramamentos ocorrem por falhas estruturais dos equipamentos, falhas humanas na execução da operação e também pela pressão exercida no fundo do oceano que pode causar fissuras ou falhas no assoalho, escapando gás ou óleo. Em um desastre ambiental desse tipo são lançadas no mar quantidades enormes do produto, formando manchas que são espalhadas pelas correntes marítimas e pelas correntes de ar, causando efeito devastador em todo nosso ecossistema. O elevado número de embarcações (pesqueiras industriais, artesanais, lazer, de carga, entre outras) que utilizam o oceano para navegação na zona costeira demonstra a importância econômica deste espaço para as mais diversas atividades setoriais que dependem dos meios de transporte para uma logística cada vez mais eficiente. No entanto, as atividades de navegação são potencialmente poluentes se forem consideradas as possibilidades de acidentes existentes, muitas vezes pela operação, manutenção e conservação inadequada das embarcações representando assim uma provável ameaça ao ambiente marinho e costeiro. Este trabalho será estruturado em quatro capítulos, contendo no primeiro as propriedades do petróleo, bem como suas características após o contato com meio ambiente marinho. No segundo capítulo trata-se dos efeitos do produto sobre a biota. No terceiro, métodos de limpeza empregados no mar e na costa, bem como meios de contenção e métodos alternativos como a queima in-situ1que ainda não são aplicados no Brasil. No quarto e último capítulo devido à preocupação com a segurança do meio ambiente marinho, serão listadas as principais convenções e legislação no âmbito nacional existente que tratam desse assunto.
URI: http://www.redebim.dphdm.mar.mil.br/vinculos/000006/0000068d.pdf
http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/451121
Aparece nas coleções:Sem título

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
0000068d.pdf1,01 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.