logo-ri

Repositório Institucional da Produção Científica da Marinha do Brasil (RI-MB)

Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/451164
Title: A gestão de riscos na obtenção de submarinos convencionais (S-BR)
metadata.dc.contributor: Silva, Marcos Valle Machado da
Authors: Silva, Marcelo Ghiaroni de Albuquerque e
metadata.dc.contributor.advisor: Silva, Marcos Valle Machado da
Issue Date: 2013
Publisher: Escola de Guerra Naval (EGN)
Description: O guia Project Management Body of Knowledge (PMBOK®) é uma das principais referências de boas práticas no campo da gerência de projetos. A gestão de riscos é uma das áreas de conhecimento contidas no referido guia. Por outro lado, o Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB) é um dos projetos de vulto no cenário nacional, tanto pelo valor estratégico para o país, como pelas altas cifras envolvidas. Neste contexto, o presente trabalho tem o objetivo de analisar a gestão de riscos no projeto de obtenção de submarinos convencionais (S-BR) à luz das práticas de gerenciamento de riscos contidas no PMBOK®. Para alcançar este objetivo foram revisados os principais conceitos sobre risco, revistos a estrutura e conceitos do PMBOK® referentes ao gerenciamento de riscos, comparadas e examinadas a conformidade entre as práticas realizadas e aquelas preconizadas no referido guia. Como parte da metodologia empregada no trabalho, foi realizada consulta a documentos na Coordenadoria-Geral do Programa de Desenvolvimento de Submarino com Propulsão Nuclear (COGESN) e entrevista com uma profissional desta área. A análise realizada permitiu concluir que os processos de gerenciamento de riscos realizados na COGESN no tocante à obtenção dos S-BR estão em consonância com aqueles preconizados no PMBOK®. Além disso, pode-se inferir que esta relação guarda uma conformidade da ordem de grandeza de 70%. Como sugestão para aprimoramento das práticas atualmente executadas, sugere-se a implantação de uma equipe exclusivamente dedicada à gerência de riscos, a adoção de um software específico para a gestão de riscos, a realização de benchmarking e o contínuo investimento no treinamento da equipe envolvida na gestão de riscos. Especificamente em relação a cada um dos seis processos que compõem o gerenciamento de riscos, sugere-se que as seguintes ações sejam desenvolvidas a fim de aumentar a conformidade entre a prática na COGESN e o contido no PMBOK®: estimular a utilização do maior número possível de ferramentas no processo de Identificação e de Análise Qualitativa dos Riscos, o que pode ensejar a identificação de oportunidades para a organização; e iniciar a execução da Análise Quantitativa de Riscos, que atualmente não é realizada. Estas ações também vão refletir nos processos de Planejamento de Respostas e de Monitoramento e Controle, aumentando a conformidade dos mesmos.
Gerência de riscos
PMBOX
PROSUB
Abstract: The Project Management Body of Knowledge (PMBOK®) guide is one of the main references of good practice in project management. Risk management is one of the areas of knowledge contained in that guide. Furthermore the Submarine Development Program (Programa de Desenvolvimento de Submarinos - PROSUB) is one of the major projects on the national scene due not only to its strategic value to the country but also to the high numbers involved therein. Within this scenario, this paper aims to analyze risk management in the conventional submarines procurement project (S-BR) in light of the risk management practices contained in the PMBOK®. To accomplish this goal we have reviewed the main concepts of risk, revised PMBOK® structure and concepts concerning risk management, and finally compared and examined the conformity between the practices actually carried out and those recommended in the guide in reference. As part of the methodology employed in this paperwork we have consulted documents in the Coordinator-General Office for the Nuclear Propulsion Submarine Development Program (Coordenadoria Geral do Programa de Desenvolvimento de Submarino com Propulsão Nuclear - COGESN). We have interviewed a professional in this area as well. Our analysis has allowed us to conclude that the risk management processes carried out by the COGESN with respect to obtaining S-BR’s are in line with those recommended in the PMBOK®. Furthermore it can be inferred that this alignment is in a 70% order of magnitude. With regard to improvement of the practices currently implemented, we suggest the deployment of a team exclusively dedicated to the management of risks, the adoption of specific software for risk management, benchmarking conduction, and permanent investment in the risk management staff training. Specifically regarding each of the six processes comprising risk management, we suggested that the following actions be developed to increase consistency between the COGESN practice and the PMBOK® contents: promote the use of a number of tools as high as possible in the process of Identification and of Qualitative Risk Analysis, which may entail the detection of opportunities for the organization, and start execution of Quantitative Risk Analysis, which is not currently in course. These actions will also reflect on the processes of Response Planning and of Monitoring and Control and will thus increase their conformity therewith.
Access: Open access
URI: http://www.redebim.dphdm.mar.mil.br/vinculos/000001/00000107.pdf
http://www.repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/451164
Type: Bachelor thesis
Appears in Collections:Operações Navais: Coleção de Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
00000107.pdf1,97 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.