Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/451436
Título: A projeção geopolítica do Brasil no Século XXI: A projeção geopolítica do Brasil, na área de segurança, no âmbito da América do Sul, no início do século XXI
Orientador(es): Mattos, Leonardo Faria de Orientador
Autor(es): Silva, Edson Alves da
Palavras-chave: brasil - fronteiras
geopolítica - brasil
320.120981 22
T10 - GEOPOLÍTICA (DGPM-305)
Geopolítica América Latina
Geopolítica Brasil
Segurança nacional América Latina
Data do documento: 2015
Editor: Rio de Janeiro:EGN,
Descrição: EGN:Orientador : Leonardo Faria de Mattos.
Monografia apresentada à Escola de Guerra Naval, como requisito parcial para a conclusão do Curso de Política e Estratégia Marítimas.
Inclui bibliografias
O propósito deste trabalho é analisar a projeção ge opolítica do Brasil na América do Sul no início do século XXI. Para alcançar este objetivo, o estudo iniciará por apresentar o surgimento da geopolítica, seus principais pensador es e as tentativas de conceituá-la. Em seguida, tentará aplicar esses conceitos aqui no Br asil, mencionando alguns geopolíticos brasileiros, suas obras e a contribuição deles para a formulação de projetos futuros para o país. Abordaremos a teoria dos complexos regionais de seg urança e os conflitos por território ainda existentes aqui no subcontinente sul-americano, seu s antecedentes históricos e os processos de negociação, em busca da paz. Posteriormente, serão apresentados os órgãos que têm sido criados, como a UNASUL, que com seus conselhos têm buscado aumentar a cooperação, a construção de uma confiança mútua, visando a integr ação regional. Novamente concentrando o enfoque no Brasil serão citados os documentos de alto nível, na área de segurança do país, reafirmando a prioridade que o Brasil dará nas rela ções com seus vizinhos sul-americanos. Finalmente, serão apresentados dados estatísticos q ue comprovarão que o Brasil possui um grande poder potencial, atributos para se credencia r a ser uma potência regional, mediando os conflitos do subcontinente, por meio de soluções pa cíficas para as controvérsias, assegurando a convivência harmoniosa na região, contribuindo pa ra a segurança do Estado brasileiro.
Abstract: The purpose of this paper is to analyze the geopoli tical projection of Brazil in South America in the early twenty-first century. To accom plish this, the study will start by presenting the emergence of geopolitics, its leadin g thinkers and the effort to conceptualize it. Then, try to apply these concepts in Brazil, me ntioning some Brazilian geopolitical, their work and their contribution to the development of f uture projects for the country. We discuss the regional security complex theory and th e conflict by remaining territory here in the South American subcontinent, its historical bac kground and negotiation processes, in search of peace. Later, the agencies that have been created will be presented, such as UNASUL, who with its counsel have sought to increas e cooperation, building mutual trust, aimed at regional integration. Again concentrating the focus in Brazil will be the high-level documents cited in the nation's security area, reaf firming the priority that Brazil will in relations with its South American neighbors. Finall y, statistical data that will prove that Brazil has a great potential power will be presente d, attributes to become certified to be a regional power, mediating the sub-continent of conf licts through peaceful solutions to disputes, ensuring harmonious coexistence in the re gion, contributing for the safety of the brazilian state.
URI: http://www.redebim.dphdm.mar.mil.br/vinculos/00000a/00000a3b.pdf
http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/451436
Aparece nas coleções:Defesa Nacional: Coleção de Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
00000a3b.pdf1,02 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.