Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/451540
Título: Planos de contingência para derramamento de petróleo no mar
Orientador(es): Menegon, Melissa
Autor(es): Cecilio, Aline Leal
Palavras-chave: Medidas de prevenção, proteção e efeitos da poluição
Derramamento de óleo
Poluição de óleo em rios, portos, etc.
Data do documento: 2015
Editor: Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (CIAGA)
Descrição: Com o desenvolvimento da globalização, o derramamento de petróleo no mar tem sido muito discutido entre as autoridades e empresas marítimas. Sabe-se que os principais meios de derramamento são oriundos de avarias ou falhas humanas nos navios, ou seja, por má administração da operação, por acidentes, entre outros; sendo isso o motivo para que os armadores e agências marítimas tenham que se munir de meios para prevenção desses ocorridos. Os efeitos do vazamento de petróleo no mar tomam grandes dimensões devido às propriedades do óleo. Elas fazem com que ele se estenda por uma grande área, deste modo, poluindo o mar e causando sérios problemas à vida marinha desse local. Para premeditar esses efeitos,as autoridades criaram várias leis, entre elas a lei do casco duplo OPA 90(Oil Pollution Act of 1990)que foi criada após o acidente do Exxon Valdez(1989), se tornando uma das mais importantes. Além disso foi exigido que todo navio possuísse um plano de contingência. Assim, teriam menos acidentes e respostas de remediações mais rápidas. Portanto, o presente estudo tem como objetivo analisar os processos de remediação de acidentes marítimos com óleo e derivados, dando ênfase nas técnicas preventivas e capacitação a bordo, a fim de assegurar a segurança marítima e ambiental, além do desenvolvimento sustentável desse setor, que é imprescindível para o comercio mundial. Sem pretensão de esgotar a temática, serão evidenciadas as principais causas do derramamento de petróleo no mar, consequências ambientais e meios de contenção desse óleo, com a finalidade de buscarmos melhor os processos, seja no treinamento a bordo, vistorias, entre outros.
Abstract: With the development of globalization, the oil spill in the sea has been much discussed belong authorities and shipping companies.It is known that the majorspills comefrom malfunction or human failure on Ships, in others words,mismanagement of operation, Accidents, etc; which is why for shipowners and shipping agencies have to provide itself with the means to prevent these occurring.The effects of the oil spill in the sea take largedimensionsdue to oil properties. They make it extends over a large area, thus polluting the sea and causing serious problems to marine life in that location.To meditate these effects, the authorities have created several laws, including the double bottom law(Law OPA90), which was set up after the Exxon Valdez accident(1989), becoming one of the most important. Moreover, it was required that every ship owned a contingency plan. Thus, they would have fewer accidents and answers faster remedies.Therefore, this study aims to analyze the remediation process sailors accidents involving oil and its products, giving emphasis on preventive techniques and training on board, in order to ensure maritime safety and environmental, beyond the sustainable development of this sector, which is essential for world trade.Without intending to exhaust the theme, the main causes of the oil spill at sea will be highlighted,environmental consequences and containment means that oil,in order to seek better processes, either on the side to training, inspections, among others.
URI: http://www.redebim.dphdm.mar.mil.br/vinculos/00000b/00000b98.pdf
http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/451540
Aparece nas coleções:Sem título

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
00000b98.pdf884,29 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.