logo-ri

Repositório Institucional da Produção Científica da Marinha do Brasil (RI-MB)

Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/843381
Title: Israel e a seleção de alvos na segunda intifada (2000-2002), á luz do Direito Internacional dos Conflitos Armados
metadata.dc.contributor: Blower, André Marcus Orientador
Authors: Padilha, Daniel Gomes
metadata.dc.contributor.advisor: Blower, André Marcus
Keywords: Direito Internacional Humanitário Palestina Israel
Direito Internacional dos Conflitos Armados
Direito Internacional Humanitário Palestina Israel
Direito Internacional dos Conflitos Armados
DGPM knowledge areas: Direito internacional humanitário
Issue Date: 2015
Publisher: Escola de Guerra Naval (EGN)
Description: Monografia apresentada à Escola de Guerra Naval, como requisito parcial para a conclusão do Curso de Estado-Maior para Oficiais Superiores
Inclui bibliografia
O Direito Internacional dos Conflitos Armados tem por base as Convenções de Genebra de 1 949 e os Protocolos Adicionais I e II de 1977, instrumentos que compartilham os princípios humanitários da necessidade militar, da proporcionalidade e da distinção na busca incessante da proteção da vida humana e da limitação dos meios e métodos de combate . Este trabalho tem como propósito analisar a atuação militar israelense, no período de 2000 a 2002, durante o decurso de um dos mais violentos levantes populares ocorrido na Palestina, a Segunda Intifada. Por meio de um estudo analítico, buscou - se abordar a condução do processo de seleção de alvos pelas Forças de Defesa de Israel, em relação às ameaças de terrorismo produzidas pelos grupos armados palestinos. Paralelamente, verificou - se de que forma as tropas oficiais da Autoridade Nacional Palestina se en volveram nos confrontos com os israelenses. Em outra análise, os requisitos atribuídos para a seleção de alvos consistem dos princípios humanitários e das regras de precaução contribuintes no planejamento de ataques de uma força combatente. Entretanto, ver ificou - se que Israel efetuou diversos ataques indiscriminados nas cidades palestinas, sem considerar tais requisitos como fundamentais, para que suas forças de defesa respeitassem às leis e convenções do Direito Internacional dos Conflitos Armados, a fim de que inúmeras mortes e danos colaterais fossem evitados.
Access: Open access
URI: http://www.redebim.dphdm.mar.mil.br/vinculos/000010/00001073.pdf
http://www.repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/843381
Type: Bachelor thesis
Appears in Collections:Defesa Nacional: Coleção de Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
00001073.pdf320,58 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.