Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/844217
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributorOnofre, Rafael Sarkis-
dc.contributorEtges, Adriana-
dc.contributorCésar Neto, João Batista-
dc.contributorJacinto, Rogério de Castilho-
dc.date.accessioned2019-09-10T16:41:10Z-
dc.date.available2019-09-10T16:41:10Z-
dc.date.issued2011-
dc.identifier.urihttp://www.redebim.dphdm.mar.mil.br/vinculos/00001d/00001d0c.pdf-
dc.identifier.urihttp://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/844217-
dc.descriptionDor e disfunção localizadas no complexo oral e maxilofacial são queixas que afligem quase 20% da população dos países ocidentais. Especialmente, a dor oriunda da articulação temporomandibular (ATM) tem origem muscular em cerca de 85% dos pacientes, sendo os outros 15% derivados de patologias intra-articulares, como a o deslocamento anterior do disco sem redução. Em meados da década de 80, uma nova abordagem foi descrita para o tratamento de pacientes com limitação de abertura bucal decorrente de deslocamento anterior do disco sem redução - a artrocentese - que veio preencher uma posição intermediária entre duas modalidades de tratamento: o conservador e o cirúrgico. O objetivo do presente trabalho foi realizar uma revisão de literatura acerca da artrocentese visando avaliar sua eficácia no tratamento do deslocamento anterior do disco sem redução; seu modo de ação; suas vantagens; e suas limitações sobre outros métodos disponíveis de tratamento do deslocamento anterior do disco sem redução, apresentnado como principais vantagens a simplicidade técnica, baixo custo, reduzida morbidade pós - operatória e potencial para complicações, além da possibilidade de ser realizado em nível ambulatorial sob anestesia loca. é provável que sua eficácia esteja relacionada com a ação de lavagem e remoção de mediadores inflamatórios do interior do espaço articular, entretanto, mais estudos acerca do tema mostram-se necessários.pt_BR
dc.description.abstractPain and dysfunction in the oral and maxillofacial complex are complaints which afflict nearly 20% of the population of Western countries. Specifically, the pain from temporomandibular joint (TMJ) has muscular origin in about 85% of patients, the other 15% derived from intrarticular pathologies, such as anterior disk displacement without reduction. In the mid-80s, a new approach was described for the treatment of patients with limited mouth opening resulting from anterior disk displacement without reduction -the arthrocentesis- that fills a middle ground between the two treatment modalities: the conservative and surgery. The objective of this paper is to review the literature on the arthrocentesis aiming to evaluate its efficacy in the treatment of anterior disk displacement without reduction; its mode of action; its advantages; and its limitations above other available methods of treatment. It was concluded that arthrocentesis is a suitable tecnique for the treatment of anterior disk displacement without reduction, with the advantages of technical simplicity, low cost, reduced postoperative morbidity and potential for complications, plus the ability to be performed on an outpatient basis under local anesthesia. It is likely that their effectiveness is related to the action of washing and removal of inflammatory mediators within the join space, however, more stules on the subject appear to be necessary.en_US
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherRevista Naval de Odontologiapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectQ - SAÚDE (DGPM-305)pt_BR
dc.subjectQ9 - ODONTOLOGIA (DGPM-305)pt_BR
dc.subjectPeriodontite crônicapt_BR
dc.subjectTabagismopt_BR
dc.subjectMicrobiologiapt_BR
dc.titleAspectos microbiológicos da doença periodontal e sua relação com o consumo de cigarro: uma revisão de literaturapt_BR
dc.typeArtigo de Periódicopt_BR
Aparece nas coleções:Saúde: Coleção de Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
00001d0c.pdf4,21 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.