Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/844218
Título: Profundidade de polimerização de um compósito com matriz de silorano
Orientador(es): Motta, Luiza
Mota, Cristiane Soares
Pitta, Fernanda
Ferreira, Reinaldo de Souza
Palavras-chave: Q - SAÚDE (DGPM-305)
Q9 - ODONTOLOGIA (DGPM-305)
Resinas compostas
Polimerização
Dureza
Data do documento: 2011
Editor: Revista Naval de Odontologia
Descrição: O objetivo do presente estudo foi de avaliar a influência de diferentes tempos de fotoativação na profundidade de polimerização de um compósito de baixa contração. Dois compósitos foram utilizados: um com matriz de silorano (P90) e outro com matriz de dimetacrilato (Z 250). Quatro grupos foram formados, variando o tipo de material utilizado e o tempo de polimerizaçãoem segundos, respectivamente: (G1) - Z250, 20; (G2) - z250, 40; (G3) - P90, 20; e (G4) - P90, 40. Os espécimes foram fotoativados com um LED DE 1.400Mw/cm2 (RadiiCal), incluídos em resina epóxi e desgastados longitudalmente até a metade do diâmetro para aferição da dureza Knoop em 3 diferentes profundidades: superficial, 1,25mm e base. Os dados foram analisador por ANOVA 2 - fatores e testes de compareções múltiplas Student-Newman-Keuls, com p=0,05. Os resultados mostraram que a profundidade não influenciou significativamente os valores de dureza do compósito Z250 (p= 0,8338) e do P90 ( p= 0,1578). O tempo de ativação não interferiu significativamente na dureza do compósito Z250 (p= 0,4602), todavia influenciou no resultado no resultado do P90 (p= 0,0407), com valores significativamente superiores para o tempo de 40s. Conclui-se que o compósito de baixa concentração requer maior tempo de fotoativação para obtenção de maiores valores de dureza e que ambos os compósitos apresentam adequada profundidade de polimerização até 2,5mm.
Abstract: This study evaluated the influence of different curing times in the depth of cure of two different composites. The silorane-based composite, Filtek P90, was compared with compared with the methacrylates-based composite, Filtek Z250. Specimens were divided into four groups varyng type of material and polymerization time in seconds, respectively: (G1) - Z250, 20, (G2) - Z250, 40 (G3) - P90, 20, and (G4) -P90, 40. Specimens were cured with a 1400mW/cm2 LED (RadiiCal). These were embedded in epoxy resin and worn longitudinally by half the diameter in order to measure the Knoop Hardeness in three different depths: top, 1.25 mm and botton of specimens. Data were analyzed by two-away ANOVA test for multiple comparisons, the Student - Newman-Keuls test with p= 0.05. The depth did not significantly affect the hardeness of Z250 composite (p = 0.8338) and P90 (p=0.1578). Curing time was not significant in the hardness of Z250 (p=0.4602), but influenced P90 (P=0.0407), with significantly higher values for G4. It was concluded that the composite of low shrinkage requires more time for curing to obtian high values of hardness then the dimectilate composite and, tha both composites have adequate values of Hardness on 2.5 mm depth of cure.
URI: http://www.redebim.dphdm.mar.mil.br/vinculos/00001d/00001d15.pdf
http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/844218
Aparece nas coleções:Saúde: Coleção de Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
00001d15.pdf3,77 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.