Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/844219
Título: Protocolo da odontologia hospitalar na unidade de terapia intensiva do Hospital Naval de Salvador: prevenção de infecção
Orientador(es): Macedo, Isabela de Avelar Brandão
Cardoso, Ana Karina
Palavras-chave: Q - SAÚDE (DGPM-305)
Q9 - ODONTOLOGIA (DGPM-305)
Odontologia
Infecção hospitalar
Unidade de Terapia Intensiva
Data do documento: 2011
Editor: Revista Naval de Odontologia
Descrição: A higiene bucal deficiente é comum em pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), o que propicia a colonização do biofilme bucal por microrganismo patogênicos, especialmente respiratórios. Estudos mostram claramente que a quantidade de biofilme bucal em pacientes de UTI aumenta com o tempo de internação, paralelamente também também ocorre aumento de patógenos respiratórios que colonizam o biofilme bucal. Frente à possibilidade de de microoganismos orais contaminarem o trato respiratório inferior ou pulmonar, seja por aspiração do contúdo da orofaringe, inalação de aerossóis infectados, disseminação da infecção atráves de áreas contíguas, além da disseminação por meio de áreas infecciosas extrapulmonares ou hematogênicas, a Odontologia tem se inserido dentro da equipe muitiprofissional de ambientes hospitalares visando à obtenção de uma melhor qualidade de vida aos pacientes, previnindo ou minimizando infecções. Desta forma, esta comunicação breve registra em meio científico o projeto de implantação do protocolo da Odontologia Hospitalar no Hospital Naval de Salvador, com intuito de demonstrar a atuação do cirurgião-dentista inserido na equipe multidisciplinar da UTI, bem como auxiliar outras instituições no controle de infecções hospitalares.
Abstract: The poor oral hygiene is common in patients aadmitted to the Intensive Care Unit, wich facilitates the colonization of the oral biofilm by pathogenic microorganisms, especially respiratory. Studies clearly showed that the amount of dental biofilm in Intensive Care Unit patients' increases with the lenght of stay also occurs in parallel with increased respiratory pathogens that colonize the oral biofilm. GIve the possibility of oral microorganisms to contaminate the lower respiratory tract or lung, either by aspiration of oropharyngeal contents, inhalation of infected aerosols, spread or through areas of extrapulmonary infectious, dentistry has is inserted into the multidisciplinaryteam of hospital settings in order to obtain a better quality of life for patients, preventing or minimzing enfection. Thus, this short communication records in teh scientific desing of the implementation of protocol of Dentistry at the Naval Hospital of Salvador, in order to demonstrate the performance of the dental surgeon inserted in the Intensive Care Unit multidisciplinary team, as well as assist other institutions in the infection control hospital.
URI: http://www.redebim.dphdm.mar.mil.br/vinculos/00001d/00001d19.pdf
http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/844219
Aparece nas coleções:Saúde: Coleção de Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
00001d19.pdf0 BAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.