Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/844242
Título: Estudo ex vivo na remoção da smear layer com agitação e sem agitação do EDTA 17% e ácido cítrico 10%: análise em MEV
Orientador(es): Maggioni, Alessandro Rodrigo
Autor(es): Abreu, Bianca Aguiar de
Palavras-chave: Q - SAÚDE (DGPM-305)
Q9 - ODONTOLOGIA (DGPM-305)
Irrigantes do canal radicular
Lama dentinária
Microscopia eletrônica de varredura
Data do documento: 2013
Editor: Odontoclínica Central da Marinha (OCM)
Descrição: A remoção da smear layer favorece a penetração de agentes desinfetantes no interior dos túbulos dentinários e promove melhor adaptação dos materiais obturadores endodônticos. O objetivo deste estudo, ex vivo , foi avaliar a remoção da smear layer com e sem agitação do EDTA 17% e ácido cítrico 10%. Vinte e cinco caninos humanos recém-extraídos foram instrumentados e divididos aleatoriamente em cinco grupos, de acordo com o protocolo de irrigação final: G1 – 5 ml de Ácido cítrico 10% por 1minuto sem agitação + 5 ml de NaOCl 6% ; G2 – ácido cítrico 10% associado à agitação com guta- percha por 1 minuto + NaOCl 6%; G3 - EDTA 17% por 1 minuto sem agitação + NaOCL 6%; G4 – EDTA 17% associado à agitação com guta -percha por 1 minuto + NaOCl 6%; G5 – 10 ml de NaOCl 6 % (controle positivo). Os espécimes foram clivados longitudinalmente e preparados para análise do terço apical em Microscópio Eletrônico de Varredura (MEV). Os dados foram analisados com os testes de Kruskal-Wallis e comparações múltiplas de Dunn. De acordo com os resultados da análise estatística, quando comparados entre os grupos, dois a dois, houve diferença entre os Grupos III e V, em relação ao Grupo IV. Os Grupos III e V não foram capazes de remover a smear layer. Não houve diferença estatisticamente significante entre os Grupos I, II e IV. Concluiu-se que não houve diferença entre os grupos quanto a remoção da smear layer, a exceção do grupo em que se utilizou EDTA 17% sem agitação, tendo este sido incapaz de remover a smear layer da parede dentinária.
Monografia (Especialização em Endodontia) – Odontoclínica Central da Marinha.
Abstract: The removal of the smear layer favors the penetration of disinfecting agents within the dentinal tubules and promotes better adaptation of endodontic filling materials. The purpose of this study, ex vivo, was to evaluate the smear layer removal with and without agitation EDTA 17% and 10% citric acid. Twenty-five freshly extracted human canines were instrumented and randomly divided into five groups according to the protocol irrigation end: G1 - 5 ml of 10% citric acid per 1 minute without agitation and 5 ml of 6% NaOCl, G2 - acid 10% citric associated with gutta-percha agitation for 1 minute 6% NaOCl +, G3 - 17% EDTA for 1 minute without stirring NaOCl + 6%; G4 - 17% EDTA with agitation associated with gutta-percha + NaOCl for 1 minute 6%; G5 - 10 ml of 6% NaOCl (positive control). The specimens were cleaved longitudinally and prepared for analysis in the apical third Scanning Electron Microscope (MEV). Data were analyzed with the Kruskal-Wallis and Dunn multiple comparison. According to the results of the statistical analysis, comparison between the groups, two by two, there was no difference between Groups III and V, as compared to Group IV. Groups III and V were not able to remove the smear layer. There was no statistically significant difference between Groups I, II and IV. It was concluded that there was no difference between the groups regarding the removal of the smear layer, except the group which used 17% EDTA without agitation, the latter has been unable to remove the smear layer of dentin wall.
Aparece nas coleções:Saúde: Coleção de Trabalhos de Conclusão de Cursos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Monografia_Bianca.pdf553,16 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons