Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/844254
Título: Características oclusais normais em crianças em fase de dentição decídua
Título(s) alternativo(s): Normal occlusal characteristics in children under dentition deciduos
Autor(es): Franco, Carolina da Costa
Miranda, Liliane Menezes Salles de
Almeida, Priscila Assunção de
Soares, Lívia Ferreira
Palavras-chave: Q - SAÚDE (DGPM-305)
Q9 - ODONTOLOGIA (DGPM-305)
Oclusão dentária
Dentição decídua
Frequência
Data do documento: 2014
Editor: Odontoclínica Central da Marinha (OCM)
Descrição: O presente estudo propôs-se descrever as características oclusais de normalidade em crianças em fase de dentição decídua, entre 3 e 5 anos de idade. Foram examinadas 67 crianças com média de idade de 4,4 anos (0,8 anos), sendo 55,2% (n=37) do sexo feminino. A frequência de relação molar tipo degrau mesial foi a mais frequente, 46,3% (n=67), seguida do plano reto (37,3%, n=67). A relação canina tipo I foi vista em 74,6% da amostra. Os espaços primatas estiveram presentes (em ambos os arcos) em 56,7% dos pacientes examinados. Quanto ao tipo de arco, o arco tipo I de Baume foi o mais encontrado, 71,6%, enquanto o arco tipo II foi visto em 28,4%. A sobressaliência e a sobremordida normais (até 2 mm) foram identificadas em 62,7% e 64,2%, respectivamente. Na maioria dos pacientes (n=38; 56,7%), os espaços primatas estavam presentes em ambos os arcos. Trinta e dois pacientes (47,8%) possuíam excesso de diastemas (> 2 mm) na região anterior. Foram identificados 62,7% da amostra apresentando normoclusão. Concluiu-se que a relação terminal dos segundos molares decíduos e relação canina foram favoráveis na maioria dos casos. A frequência de arco tipo I e de espaços primatas foi alta.
Abstract: This study aimed to describe the normal occlusal characteristics, the frequency of malocclusion and orthodontic treatment need in children in the deciduous dentition phase, aged among 3 and 5 years old. There were examined 67 children with a mean age of 4.4 years old (0.8 years). 55.2% (n=37) of the sample were female. The frequency of type mesial step molar ratio was the most frequent, 46.3% (n=67), compared to the flush, with 37,3% (n=67). The type I canine relationship was seen in 74,6% of the sample. Primate spaces were present (in both arches) in the 56,7% patients examined. Regarding the type I Baume’s arch was the most commonly found, 71,6%, while type II arch was seen in 28.4%. The normal overjet and overbite (up to 2mm) were identified at 62.7% e 64.2%, respectively. In the most patients, primate spaces were present in both arches. Thirty-two patients had excessive spacing in the anterior region. 62.7% of the sample having been identified normal occlusion. It was concluded that the relationships of the primary canine and second molars were favorable in most of the cases. The frequencies of arch type I and primates spaces were high.
Aparece nas coleções:Saúde: Coleção de Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo_Franco.pdf122,97 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons