Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/844467
Título: Medicina operativa : perspectiva na MB “Preparo do Subsistema de Medicina Operativa para o Pronto Emprego”
Orientador(es): Reis, Alexandre Ricciardi dos
Autor(es): Moreira, Marcos Carvalho de Araujo
Palavras-chave: Q6-Medicina (DGPM-305)
Medicina militar
Medicina operativa - subsistemaha
Centro de Medicina Operativa da Marinh
Data do documento: 2019
Editor: Escola de Guerra naval (EGN)
Descrição: O fim da Guerra Fria resultou em uma redistribuição do poder global que permitiu o surgimento de novas ameaças à paz e à estabilidade mundiais. Como parte integrante deste processo, as Forças Armadas foram obrigadas a se reorganizar de forma a conferir melhor proteção e atender proficientemente as demandas das suas sociedades. O período pós-Guerra Fria foi também marcado por instabilidade política e crises econômicas, com impactos negativos nos orçamentos de Defesa. Tais adversidades resultaram no comprometimento do apronto operacional das Forças Armadas de diversos países, incluindo algumas das maiores economias do mundo, estando o Brasil entre elas. É neste contexto repleto de novos desafios e importante escassez de recursos financeiros que o Subsistema de Medicina Operativa da Marinha começou a ser reformulado, notadamente a partir de 2009, ano em que foi criado o Centro de Medicina Operativa da Marinha do Brasil. Apesar do relativo sucesso obtido em Operações Humanitárias conduzidas no início das atividades daquele, nos anos de 2010 e 2011, foi desde cedo percebido haver um longo caminho a ser percorrido em busca de um melhor desenvolvimento da Medicina Operativa naval. São inegáveis os avanços obtidos pelo Centro de Medicina Operativa da Marinha ao longo da sua história, tendo logrado êxito em inúmeras iniciativas, embora persista a percepção da persistência de óbices importantes para um bom apronto operacional da área de Saúde do Setor Operativo. O presente trabalho teve como propósito analisar as capacidades disponíveis no Subsistema de Medicina Operativa da Marinha e avaliar se elas são suficientes para garantir uma capacidade de pronto emprego à altura dos potenciais desafios alinhados no horizonte da Marinha do Brasil. Como resultado, foram encontradas deficiências que representam importantes limitações para o aprestamento do Subsistema de Medicina Operativa da Marinha.
Abstract: The end of the Cold War resulted in a redistribution of global power that allowed the emergence of new threats to world peace and stability. As part of this process, the Armed Forces were compelled to reorganize themselves to best protect and proficiently meet the demands of their societies. The post-Cold War period was also marked by political instability and economic crises, with negative impacts on defense budgets. These adversities have resulted in compromised operational readiness of the Armed Forces of several countries, including some of the largest economies in the world, with Brazil among them. It is in this context full of new challenges and significant scarcity of financial resources that the Brazilian Navy Operational Medicine Subsystem began to be reformulated, notably from 2009, when the Navy Center for Operational Medicine was created. Despite the relative success achieved in Humanitarian Operations conducted in 2010 and 2011, shortly after the start of the Center's activities, it was at short notice perceived the long way ahead to achieve a better development of Naval Operational Medicine. There are undeniable advances made by the Navy Center for Operational Medicine throughout its history, having succeeded in numerous initiatives; however, there is a perception of the persistence of important obstacles to a better readiness of the Health Sector of the Operational Sector. The purpose of this document was to analyze the capabilities available in the Navy Operational Medicine Subsystem and to assess whether they are sufficient to ensure an operational readiness that meets the potential challenges aligned in the Brazilian Navy horizon. Deficiencies were found that represent important limitations for the readiness of the Navy Operational Medicines Subsystem
URI: http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/844467
Aparece nas coleções:Saúde: Coleção de Trabalhos de Conclusão de Cursos

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
MARCOS.pdf794,61 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.