Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/844496
Título: Operações psicolólogicas: uma estrutura inicial para Marinha do Brasil
Orientador(es): Delmas, Fábio Montenegro
Autor(es): BARBOZA
Palavras-chave: Q6-Medicina (DGPM-305)
Operações Psicológicas- Exército - influência
Operações Psicológicas - Marinha-influência
Data do documento: 2019
Editor: Escola de Guerra Naval (EGN)
Descrição: A capacidade de influenciar significa entrar em contato com as emoções e as reações de outros indivíduos. Na primeira metade do século XX, o mundo viveu duas Guerras Mundiais. Nesse contexto, as Operações Psicológicas se apresentaram no campo de batalha. Na 1ª Guerra Mundial (1914-1918) passou de mera desconhecida para ser considerada a arma que ganhou a guerra para alguns analistas. Mesmo com esse status o emprego das Operações Psicológicas como arma de guerra, ainda suscitava contrariedade e a operação que atacava o ânimo do soldado era chamada de Guerra Psicológica. As Operações Psicológicas devem ser entendidas como uma parte importante do sistema militar e nunca como o centro do processo. Nesse contexto o trabalho buscará analisar a possibilidade de estabelecer uma estrutura na Marinha do Brasil na moldura comparativa com a já existente no Exército Basileiro. Destarte, cresce em importância a demanda por uma estrutura apropriada na MB que atenda os níveis de planejamento estratégico, operacional e tático, atuando em todas as Operações de Guerra Naval
Abstract: The ability to influence means getting in touch with the emotions and reactions of other individuals. In the first half of the twentieth century, the world lived two World Wars. In this context, Psychological Operations performed on the battlefield. In World War I (1914-1918) it went from being unknown to being considered the weapon that won the war for some analysts. Even with this status the use of Psychological Operations as a weapon of war still aroused annoyance and the operation that attacked the soldier's mood was called Psychological Warfare. Psychological Operations should be understood as an important part of the military system and never as the center of the process. In this context the work will seek to analyze the possibility of establishing a structure in the Brazilian Navy in the comparative frame with that already existing in the Brazilian Army. Thus, the demand for an appropriate structure in the Brazilian Navy that represents the levels of strategic, operational and tactical planning, acting in all Naval War Operations, is growing in importance
URI: http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/844496
Aparece nas coleções:Saúde: Coleção de Trabalhos de Conclusão de Cursos

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
BARBOZA.pdf695,85 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.