logo-ri

Repositório Institucional da Produção Científica da Marinha do Brasil (RI-MB)

Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/845175
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorReis, Alexandre Ricciardi dos-
dc.contributor.authorRicciardi, Kleber Coelho de Moraes-
dc.date.accessioned2022-07-05T18:15:47Z-
dc.date.available2022-07-05T18:15:47Z-
dc.date.issued2020-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/845175-
dc.descriptionA Operação Anfíbia, mais complexa das operações militares, demanda grande esforço logístico, a fim de prover variados meios e recursos indispensáveis às Forças, no momento e local adequados, em quantidade e qualidade necessárias, e independentes das circunstâncias impostas. Um dos aspectos mais desafiadores é, indubitavelmente, a saúde das tropas. A Medicina Expedicionária é o segmento da Medicina Operativa que busca resolver esse problema logístico nas expedições militares, e particularmente junto ao Corpo de Fuzileiros Navais, Força de caráter expedicionário por excelência. Nesse tema, o estudo se inicia por uma sucinta descrição das operações anfíbias na Marinha do Brasil, com ênfase no desenvolvimento do apoio logístico da Força de Desembarque. Tal exposição destina-se a facilitar a compreensão da cadeia de evacuação de feridos dessa referida Força, detalhadamente explanada em sequência, tendo por base as publicações doutrinárias e normativas vigentes que abordam o assunto, incluindo os níveis de apoio de saúde, suas instalações logísticas de saúde, e sua dinâmica desde os momentos iniciais do desembarque até a progressão das operações em terra. As perspectivas atuais da cadeia de evacuação de feridos foram pesquisadas a partir de publicações do Corpo de Fuzileiros Navais e do Exército dos Estados Unidos da América, das Forças de Defesa de Israel e da aliança militar da Organização do Tratado do Atlântico Norte, Forças Armadas estrangeiras possuidoras de recentes experiências em combate e elevado nível de adestramento, tendo participado de inúmeros exercícios militares em todos os continentes e ambientes operacionais. Ao analisar a atual cadeia de evacuação de feridos da Força de Desembarque, suas instalações de saúde e seu conceito de emprego nas operações anfíbias da Marinha do Brasil, abordando a Unidade Avançada de Trauma, a Unidade Médica Expedicionária da Marinha e os meios de superfície recentemente incorporados, como o Navio Doca Multipropósito Bahia e o Porta-Helicópteros Multipropósito Atlântico, e ainda, comparativamente com as informações obtidas junto às Forças Armadas estrangeiras pesquisadas, tornou-se possível discutir as alterações a serem implementadas na doutrina vigente, vislumbrando a mitigação de possíveis óbices e contribuindo para o desenvolvimento de capacidades, tais como o autocuidado e os cuidados táticos, os cuidados em trânsito e a ressuscitação e cirurgia para o controle de danos que, em última análise, salvarão mais e mais vidas humanas em combate.pt_BR
dc.description.abstractAmfphibious Operations, the most complex of military operations, require great logistical effort in order to provide various means and resources indispensable to the Forces, at the appropriate time and place, in the necessary quantity and quality, and regardless of the circumstances imposed. One of the most challenging aspects is undoubtedly the health support of troops. Expeditionary Medicine is the branch of Military Medicine that seeks to solve this logistical problem in military expeditions, and particularly with the Brazilian Marine Corps, an expeditionary force par excellence. On this subject, the study begins with a brief description of amphibious operations in the Brazilian Navy, with emphasis on the development of logistic support of the Landing Force. This explanation is intended to facilitate the understanding of the chain of evacuation of wounded from this Force, explained in sequence, based on the current doctrinal and normative publications that address the subject, including the roles of care, logistics medical facilities, and the dynamics from the initial moments of landing to the evolution of operations on the ground. The current prospects of the chain of evacuation of wounded have been researched from publications by the United States Marine Corps and the United States Army, the Israel Defense Forces, and military alliance of the North Atlantic Treaty Organization, foreign armed forces with recent combat experience and high level of training, which took part in numerous military exercises on all continents and operational environments. By analyzing the current chain of evacuation of wounded from the Landing Force, medical facilities and its concept of employment, in amphibious operations of the Brazilian Navy, addressing the Advanced Trauma Unit, the Expeditionary Medical Unit and the newly incorporated multipurpose surface vessels, such as the Landing Platform Dock (LPD) Bahia and the Helicopter Carrier Atlântico, and also, compared to the information obtained from the foreign armed forces researched, it became possible to discuss the changes to be implemented in the current doctrine, aiming the mitigation of possible obstacles and contributing to the development of capabilities, such as self-aid and tactical care, en route care and forward resuscitative care that ultimately will save increasingly more human lives in combat.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherEscola de Guerra Naval (EGN)pt_BR
dc.relation.ispartofApresentada à Escola de Guerra Naval como requisito parcial para a conclusão do Curso de Política e Estratégia Marítimaspt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectCadeia de evacuaçãopt_BR
dc.subjectMedicina Operativapt_BR
dc.subjectMedicina expedicionariapt_BR
dc.subjectOperações anfíbiaspt_BR
dc.titleMedicina expedicionária: perspectivas atuais da cadeia de evacuação de feridos da Força de Desembarque nas operações anfíbias da Marinha do Brasilpt_BR
dc.title.alternativePerspectivas atuais da cadeia de evacuação de feridos da Força de Desembarque nas operações anfíbias da Marinha do Brasilpt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR
dc.location.countryBrasilpt_BR
dc.subject.dgpmFuzileiros Navaispt_BR
Appears in Collections:Fuzileiros Navais: Coleção de Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
C-PEM -2020 RICCIARDI.pdf657,39 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.