logo-ri

Repositório Institucional da Produção Científica da Marinha do Brasil (RI-MB)

Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/845312
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAdler, Cláudia-
dc.contributor.authorCaxias, Klinger Barra-
dc.date.accessioned2022-07-05T19:02:48Z-
dc.date.available2022-07-05T19:02:48Z-
dc.date.issued2017-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/845312-
dc.descriptionEste estudo aborda os aspectos comportamentais com o olhar para a identificação dos processos que envolvem o trabalhador marítimo. Trata-se de atividade onde pessoas permanecem confinadas em embarcações ou plataformas por longos períodos, acarretando ambiguidades e tensões, presentes pela dicotomia entre trabalho e vida, embarque e desembarque e têm sido um fator determinante para o adoecimento físico e mental dos trabalhadores. Muitos trabalhadores apresentam problemas psicológicos, mesmo que não diagnosticados por não procurarem ajuda de um profissional. Descreve-se e investiga-se a forma como tais trabalhadores interpretam as próprias condições e relações de trabalho, contribuindo de forma significativa para a identificação e possibilidades mitigadoras, mantendo um cuidado especial ao trabalhador que estiver embarcado. Ainda diante deste cenário comportamental diferenciado, da mesma forma que em outros seguimentos do trabalho, existem também as metas desafiadoras. Portanto, é fundamental o reconhecimento desta análise qualitativa, que nos permite identificar um pouco mais sobre este seguimento, que pode ser mais explorado: os trabalhadores marítimos, com ênfase na ótica e na vivência dos próprios profissionais. Como resultado, a pesquisa sugere soluções práticas, como organizações sistemáticas de tratamento psicológico a fim de manter a saúde física e mental do profissional marítimo.-
dc.description.abstractThis study approaches the behavioral aspects, specifically concerned with identifying such processes involved with maritime workers. It is an activity where people remain confined in boats or platforms for long periods, causing ambiguities and tensions presented by the dichotomy between work and life, embarkation and disembarkation. This has been a determining factor for the physical and mental illness of workers. Many workers have psychological problems, even if not diagnosed for not seeking help from a professional. Here is described and investigated the way in which such workers interpret their own working conditions and relations, contributing in a significant way to identify possible problems and create mitigative possibilities, keeping a special care with the embarked. Still concerned with this differential behavioral scenario, as in other work segments, there are also challenging goals, so it is central to acknowledge this qualitative analysis wich allows us to clarify this matter which can be more explored with maritime workers, emphasising their point of view and their professionals experiences. As a result, the cresearch suggests practical solutions, such as organizimg systematic psychological treatment in order to maintain the physical and mental health of the maritime professional-
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherCentro de Instrução Almirante Graça Aranha (CIAGA)pt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectConfinamentopt_BR
dc.subjectPressão psicológicapt_BR
dc.titleConfinamento a bordo e as pressões psicológicas durante a jornada no marpt_BR
dc.typearticlept_BR
dc.location.countryBrasilpt_BR
dc.subject.dgpmEnsinopt_BR
dc.subject.dgpmPsicologia (área clínica)pt_BR
Appears in Collections:Patrimônio Histórico e Cultural: Coleção de Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Klinger v6 27-09-2017 (1).pdf406,69 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.