logo-ri

Repositório Institucional da Produção Científica da Marinha do Brasil (RI-MB)

Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/845339
Title: A influência da antropofonia no coro bioacústico marinho da ilha do Cabo Frio
Authors: Mendes, Débora Cedro
metadata.dc.contributor.advisor: Netto, Eduardo Barros Fagundes
Xavier, Fábio Contrera
Keywords: Paisagem Acústica
Antropofonia
Monitoramento Acústico Passivo
Coro de Peixes
Biotecnologia Marinha
Issue Date: 2021
Publisher: Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira (IEAPM)
Universidade Federal Fluminense (UFF)
Description: O coro de peixes é uma importante contribuição para a biofonia do ambiente marinho. A paisagem sonora de alguns habitats é dominada pela biofonia, particularmente intensa em certas horas do dia devido à presença desse coro. No entanto, alterações na paisagem acústica referentes às atividades antropogênicas, como as decorrentes de embarcações, têm sido motivo de grande preocupação. Uma das principais consequências dessa mudança na paisagem acústica é o mascaramento de sinais importantes de comunicação entre os seres vivos, devido à sobreposição de sons. Este trabalho tem como objetivo compreender a influência dos sons antropogênicos produzidos pelo turismo náutico sobre o coro de peixes da região da Ilha do Cabo Frio em Arraial do Cabo, RJ. A caracterização do tráfego náutico foi realizada através de registro de embarcações cedido pelo IEAPM e os dados acústicos do projeto BIOCOM. As bandas centrais de 1/3 de oitava de 63 Hz,125 Hz, 250 Hz, 500 Hz, 1000 Hz e 2000 Hz foram utilizadas para caracterizar a paisagem acústica da região, conforme a Diretiva Quadro de Estratégia Marinha Europeia (MSFD) para monitoramento de ruído marinho. Foram criadas as seguintes categorias de análise de nível de pressão sonora (SPL) para avaliação da antropofonia referente ao tráfego: 1)dias com passeio e sem passeio, 2)meses de alta e baixa temporada, 3) dias de semana, finais de semana e feriados. Os resultados apresentaram uma maior variabilidade nas frequências de 250 Hz e 500 Hz em todas as categorias de análise e menor variabilidade em 2000 Hz. Os horários de maior intensidade de embarcações foram bem definidos nas bandas de 63Hz, 125 Hz, 250 Hz e 500Hz, mostrando horários de maiores picos de 9 às 15h. Foi observado maior intensidade de SPL nos finais de semana e feriados. O coro bioacústico foi evidenciado das 0 às 5 h do dia e no entardecer, de 17 a 20h. Os ruídos antropogênicos influenciaram o tempo de início e duração do coro no entardecer, melhor observado na frequência de 250 Hz e 500 Hz. Os SPL de dias intensos de tráfego náutico se aproximaram dos limites recomendados no MSFD. O monitoramento acústico conforme apresentado neste trabalho é um método não invasivo de estudar e contribuir na conservação da biodiversidade marinha costeira. Os resultados do presente estudo podem ser úteis para conscientizar sobre a importância do som no ambiente marinho e contribuir para um plano de gestão que considere o monitoramento acústico passivo como uma importante ferramenta para avaliação dos riscos de poluição sonora.
Abstract: Fish choir is an important contribution to the biophony of the marine environment. The soundscape of some habitats is dominated by biophony, which is particularly intense at certain times of the day due to the presence of this chorus. However, changes in the acoustic landscape, referring to anthropogenic activities, such as those arising from vessels, have been a matter of great concern. One of the main consequences of the change in the acoustic landscape is the masking of important communication signals between living beings, due to the overlapping of sounds. This work aims to understand the influence of anthropogenic offspring obtained by nautical tourism on the bioacoustic choir of the Cabo Frio Island region in Arraial do Cabo, RJ. The characterization of nautical traffic was carried out through the registration of vessels provided by the IEAPM and the acoustic data of the BIOCOM project. The central bands of 1/3 octave of 63 Hz, 125 Hz, 250 Hz, 500 Hz, 1000 Hz and 2000 Hz were used to characterize the acoustic landscape of the region, according to European Marine Strategy Framework (MSFD) for marine noise monitoring. The categories of analysis of Sound Pressure Level (SPL) for the assessment of anthropophony related to traffic were raised as categories: days with and without tours, months of high and low season, weekdays, weekends and holidays. Greater variability was observed in the frequencies of 250 Hz and 500 Hz in all categories of analysis and less variability in 2000 Hz. The times of greatest intensity of vessels were defined in the bands of 63Hz, 125 Hz, 250 Hz and 500Hz, showing times of highest peaks from 9 am to 3 pm. Greater SPL intensity was observed on weekends and holidays. The bioacoustic choir was recorded from zero to five o'clock in the day and in the evening, from 17 to 20 hours. Anthropogenic noise influences the onset time and duration of the choir at dusk, best observed at the frequency of 250 Hz and 500 Hz. The SPL of intense days of nautical traffic approached the limits recommended in MSFD. The acoustic monitoring presented in this work is a non-invasive method to study and contribute to the conservation of coastal marine biodiversity. The results of this study can be useful to raise awareness about the importance of sound in the marine environment and contribute to a management plan that considers passive acoustic monitoring as an important tool for assessing noise risks.
Access: Open access
URI: http://www.repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/845339
Type: Master thesis
Appears in Collections:Ciência, Tecnologia e Inovação: Coleção de Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_Debora.pdf1,61 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.