logo-ri

Repositório Institucional da Produção Científica da Marinha do Brasil (RI-MB)

Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/845374
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAlmeida, Leandro Ferreira de-
dc.contributor.authorLeite Junior, Josciê Teixeira-
dc.date.accessioned2022-07-27T16:38:08Z-
dc.date.available2022-07-27T16:38:08Z-
dc.date.issued2021-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/845374-
dc.descriptionDesde o século XIV, o homem já vislumbrava o emprego de minas submarinas durante os conflitos marítimos. As minas constituem um engenho explosivo relativamente simples e de baixo custo, quando comparadas aos prejuízos que podem ocasionar. A sua evolução tecnológica transformou-a em uma poderosa arma de destruição, a partir do começo da Guerra Russo-Japonesa (1904-1905), com o emprego de minas pelos dois países envolvidos. Para os conflitos navais, as minas sempre foram e continuam sendo muito importantes. Quando lançadas sobre uma determinada área, elas são capazes de causar sérios danos a qualquer força naval e também ao transporte marítimo comercial do país de interesse. O propósito deste trabalho é realizar o estudo de duas operações em que ocorreram o emprego de minas. Uma delas foi a Operação Starvation, ocorrida no período de março a agosto de 1945, durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945). A outra operação foi constituída por um desembarque anfíbio ao porto de Wonsan, ocorrido em outubro de 1950, durante a Guerra da Coreia (1950-1953). Após o estudo, será possível identificar quais foram as similaridades e singularidades entre as operações. Com o intuito de atingir o propósito desta dissertação, foi utilizado o estudo comparativo como desenho de pesquisa, pelo qual foi realizada uma confrontação em relação às operações de minagem e contramedidas de minagem (CMM), realizadas nas duas guerras. Como forma de possibilitar o entendimento do estudo, foram apresentadas algumas considerações sobre a guerra de minas, incluindo as definições de operações de minagem, operações de CMM, minas, suas classificações e os seus agentes lançadores. De acordo com a metodologia utilizada foi possível a comparação entre as minas e o tipo de campo minado, a sua forma de lançamento e as CMM empregadas, para ao final do estudo, serem obtidas as similaridades e singularidades no que tange aos itens relacionados. Após realizada a comparação, foi possível constatar que as operações de minagem e CMM, tanto na Operação Starvation, quanto por ocasião do desembarque anfíbio em Wonsan, tiveram um maior número de singularidades do que similaridades. Por último, verificamos que a Marinha do Brasil pode utilizar os ensinamentos obtidos dessa comparação como forma de aprendizado e no aprimoramento constante da doutrina referente às operações de minagem e CMM, a fim de colocar em evidência essas importantes operações de guerra naval, por ocasião dos seus diversos planejamentos.-
dc.descriptionApresentado à Escola de Guerra Naval, como requisito parcial para a conclusão do Curso de Estado-Maior para Oficiais Superiores - CEMOS 2021-
dc.language.isopor-
dc.publisherEscola de Guerra Naval (EGN)-
dc.rightsopenAccess-
dc.subjectOperação Starvation-
dc.subjectOperações de minagem-
dc.subjectSegunda Guerra Mundial-
dc.subjectGuerra de Minas-
dc.subjectGuerra da Coreia-
dc.titleOperações de minagem e contramedidas de minagem: similaridades e singularidades entre a Operação Starvation, ocorrida na Segunda Guerra Mundial e o desembarque anfíbio em Wonsan, durante a Guerra da Coreia-
dc.typebachelorThesispt_BR
dc.location.countryBrasil-
dc.subject.dgpmDefesa Nacional-
Appears in Collections:Defesa Nacional: Coleção de Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CEMOS_063_MONO_CC_CA_BYKOW.pdf520,95 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.