logo-ri

Repositório Institucional da Produção Científica da Marinha do Brasil (RI-MB)

Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/845733
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorPereira, Marcelo Meierpt_BR
dc.contributor.authorFreitas, Tiago Nicolay-
dc.date.accessioned2023-01-12T17:24:22Z-
dc.date.available2023-01-12T17:24:22Z-
dc.date.issued2021-
dc.identifier.urihttps://www.repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/845733-
dc.descriptionO propósito deste trabalho é avaliar como e por que a mídia noticiou os eventos relacionados ao incêndio na Estação Antártica Comandante Ferraz (EACF), ocorrido no dia 25 de fevereiro de 2012. Para o atingimento do propósito foi empregado o desenho de pesquisa estudo de caso. Nesse sentido, foi realizada uma análise dos fatos à luz da hipótese de newsmaking e uma análise de conteúdo, utilizando matérias jornalísticas dos portais de notícias G1 e Estadão. Inicialmente, foi realizada uma revisão teórica, que fundamentou a análise do caso. Foram apresentados conceitos sobre comunicação, mídia, comunicação de massa, Comunicação Social e crise. Foi realizada ainda, uma síntese sobre a hipótese de newsmaking. Cabe ressaltar, que a noticiabilidade é composta por requisitos empregados para decidir se determinado acontecimento tornar-se-á notícia ou não. Nesse contexto, destaca-se o valor-notícia, como um dos requisitos da noticiabilidade. Em seguida, foi apresentada uma contextualização, com a exposição das principais características do ambiente antártico, dos aspectos históricos do Tratado da Antártica e do ingresso do Brasil no Sistema do Tratado da Antártica (STA), além de fatos importantes do Programa Antártico Brasileiro (PROANTAR) entre 1984 e 2012. Foi apresentada ainda, a descrição do objeto de estudo, em sequência cronológica, apoiada nas informações oriundas de fontes governamentais. Ademais, foi exposta a repercussão do caso pela mídia (nacional e internacional). Posteriormente, o episódio foi analisado sob o ponto de vista da hipótese de newsmaking. Para a avaliação do valor-notícia, foram empregadas quatro variáveis de importância, estabelecidas por Wolf (2018). Além disso, na análise de conteúdo, foi estabelecida a palavra como Unidade de Registro (UR) e verificadas as incidências das UR nas matérias dos portais de notícias G1 e Estadão. Assim, foram apresentadas as conclusões parciais dessa análise. Por tudo isso, concluiu-se que o incêndio da EACF, ocorrido em 2012, foi um fato de grande importância do ponto de vista jornalístico, já que possui um alto valor-notícia, pela perspectiva da hipótese de newsmaking. Acrescenta-se ainda, que o fato foi amplamente noticiado, conforme demonstrado na análise de conteúdo. Destaca-se que foi observada uma priorização dos fatos iniciais do incêndio, em detrimento à busca das causas e das responsabilidades sobre o sinistro. A divulgação do episódio em diversos veículos de comunicação, tanto no país quanto no exterior, corrobora com as afirmações supracitadas.pt_BR
dc.descriptionApresentado à Escola de Guerra Naval, como requisito parcial para conclusão do Curso de Estado-Maior para Oficiais Superiores (C-EMOS 2021).pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherEscola de Guerra Naval (EGN)pt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectAntárticapt_BR
dc.subjectComunicaçãopt_BR
dc.subjectEstação Antártica Comandante Ferrazpt_BR
dc.subjectMídiapt_BR
dc.subjectNewsmakingpt_BR
dc.subjectNoticiabilidadept_BR
dc.titleMídia e noticiabilidade: um estudo de caso sobre o incêndio na Estação Antártica Comandante Ferraz em 2012, na perspectiva jornalísticapt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR
dc.subject.dgpmComunicação socialpt_BR
Appears in Collections:Defesa Nacional: Coleção de Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CEMOS2021_NICOLAY.pdf1,67 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.