logo-ri

Repositório Institucional da Produção Científica da Marinha do Brasil (RI-MB)

Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/844454
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributorDavid Filho, Daniel Pereira-
dc.contributor.advisorDavid Filho, Daniel Pereirapt_BR
dc.contributor.authorPaiva, Haroldo José Martins Bueno de-
dc.date.accessioned2020-02-21T23:13:43Z-
dc.date.available2020-02-21T23:13:43Z-
dc.date.issued2019-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/844454-
dc.descriptionUma das tarefas básicas do Poder Naval da Marinha do Brasil (MB) é projetar poder sobre terra. Essa capacidade, quando realizada por meio de Operações Anfíbias (OpAnf) é algo que poucas marinhas no mundo possuem. O Assalto Anfíbio (AssAnf), por sua vez, é a mais complexa modalidade de OpAnf, sendo a única capaz de, a partir do mar, conquistar ou reconquistar uma área de interesse no litoral. No entanto, seu vulto muitas vezes exige ponderável número de meios navais para transportar a Força de Desembarque, algo que, na conjuntura atual, se constitui em um grande desafio para a Marinha. Nesse sentido, a capacidade do País em realizar uma Mobilização Marítima de navios de interesse da defesa, proporciona um aumento da expressão militar do Poder Nacional, que contribui diretamente para a estratégia da dissuasão e da projeção de poder, de acordo com a Estratégia Nacional de Defesa. Portanto, os objetivos deste trabalho são: verificar os principais óbices para a MB projetar poder sobre terra, por meio de um AssAnf e verificar em que condições de daria a mobilização marítima para mitigar os referidos óbices. Para tal, foram analisadas, inicialmente, as características da “oceanopolítica”, a Amazônia Azul® e o Poder Marítimo, fundamentais para o desenvolvimento e a soberania do Brasil, no entanto, foi identificada a falta de uma mentalidade marítima por parte da sociedade brasileira, caracterizada como “cegueira marítima”. Posteriormente, investigou-se a capacidade atual do Poder Naval em projetar poder sobre terra, considerando o Conjugado Anfíbio como a base precípua da estratégia de projeção de poder e a mobilização como uma das bases da estratégia da dissuasão. Após isso, realizou-se uma análise no Sistema Nacional de Mobilização, verificando seu alinhamento com o atual ordenamento jurídico e com o arcabouço doutrinário do Ministério da Defesa e da MB. Mais adiante realizou-se uma investigação sobre a mobilização marítima do Reino Unido por ocasião da Guerra das Malvinas, como exemplo histórico de referência. Então, foi analisada a Marinha Mercante Brasileira de forma a identificar suas possibilidades e limitações em termos de navios mercantes de interesse da defesa, passíveis de serem mobilizados, culminando com uma análise sobre a importância de se fortalecer a Marinha Mercante, como forma de fortalecer o Poder Naval. Assim, foram identificadas carências logísticas em termos de meios navais de transporte de tropa na Esquadra brasileira e a quase inexistência de navios mercantes nacionais passíveis de serem mobilizados a fim de saná-las. Por fim, ficou patente a importância de se fortalecer o comércio marítimo como indutor de crescimento da Marinha Mercante e do Poder Naval.pt_BR
dc.description.abstractOne ofe the Basic Tasks of the Brazilian Navy Naval Power is to project power over land. This capability, when performed through Amphibious Operations, is something few navies in the world have. The Amphibious Assault (AssAnf), in turn, is the most complex modality of OpAnf, being the only one capable of conquering or regaining an area of interest on the coast from the sea. However, their size often requires a considerable number of naval assets to carry the Landing Force, which, at the current juncture, is a major challenge for the Navy. In this sense, the country's ability to undertake a Maritime Mobilization of defense interest ships. That provides an increase in the military expression of the National Power, which contributes directly to the deterrence strategy and the projection of power, according to the National Strategy of Defense. Therefore, the objectives of this work are: to verify the main obstacles for the Brazilian Navy to project power over land, through an Amphibious Assault and to verify under what conditions the maritime mobilization would give to mitigate these obstacles. To this end, the characteristics of “oceanopolitics”, the Blue Amazon® and the Maritime Power, fundamental for Brazil's development and sovereignty, were initially analyzed. However, the lack of a maritime mentality on the part of Brazilian society. That was characterized as “sea blindness”. Subsequently, the current capacity of the Naval Power to project power over land was investigated, considering the Amphibious Conjugate as the primary basis of the power projection strategy and mobilization as one of the bases of the deterrence strategy. After that, an analysis was performed in the National Mobilization System, verifying its alignment with the current legal system and the doctrinal framework of the Ministry of Defense and the Brazilian Navy. Further research was undertaken into the UK maritime mobilization at the time of the Falklands War as a historical reference example. Then, the Brazilian Merchant Navy was analyzed in order to identify its possibilities and limitations in terms of mobilizable defense-interest merchant ships, culminating in an analysis of the importance of strengthening the Merchant Navy as a way of strengthening the Naval power. Thus, logistical deficiencies were identified in terms of naval means of troop transport in the Brazilian Fleet and the almost nonexistence of national merchant ships capable of being mobilized in order to remedy them. Finally, the importance of strengthening maritime trade as a growth inducer of the Merchant Navy and Naval Power was evident.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherEscola de Guerra Naval (EGN)pt_BR
dc.relation.ispartofApresentada à Escola de Guerra Naval, como requisito parcial para a conclusão do Curso de Política e Estratégia Marítimas ( C-PEM 2019 )pt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectAssalto anfíbiopt_BR
dc.subjectCarências Logísticaspt_BR
dc.subjectConjungado anfíbiopt_BR
dc.subjectMobilização Marítimapt_BR
dc.subjectPoder naval - Amazôniapt_BR
dc.titleMobilização marítima: sua importância para a projeção de poder sobre terra, por meio de um Assalto Anfíbiopt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR
dc.location.countryBrasilpt_BR
Appears in Collections:Fuzileiros Navais: Coleção de Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PAIVA.pdf1,09 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.