logo-ri

Repositório Institucional da Produção Científica da Marinha do Brasil (RI-MB)

Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/845788
Title: CRM: desafios e aplicabilidade no contexto de aviação em fator humano
Authors: Scigliano, Alessandra Gleysse Del Guerra
Costa, Aurélio Máximo Pimenta
Silva, Fabio Campos da
Freitas, Josmar Carreiro
Freitas, Marina Teggi de
Oliveira, Pedro Mauricio Araújo de
González, Rafael de Abreu
metadata.dc.contributor.advisor: Andrade, Donizeti
Souza, Ricardo de Lima e
Lucht, Richard Rigobert
Cavali, Sebastião Gilberti Maia
Keywords: CRM
Prevenção de Acidentes Aeronáuticos
Segurança Operacional
Corporate Resources Management
DGPM knowledge areas: Aeronáutica
Issue Date: 2009
Publisher: Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA)
Description: Com o advento do vôo na história evolutiva de transporte e o constante desenvolvimento tecnológico, o ser humano tem sido a principal preocupação nas diversas atuações no setor aeronáutico. Após a regulamentação internacional das atividades, o mercado aeronáutico tem buscado incessantemente seu aperfeiçoamento desenvolvendo sistemas para o incremento do desempenho e prevenção da segurança, dentre outros motivos. Porém, não há como ignorar a importância do capital humano durante esse processo no cumprimento de sua função no meio aéreo. A maneira como os membros de uma cabine, por exemplo, lidam com ocorrências durante um vôo e sua dinâmica de relacionamento demonstrou, ao longo de diversos acidentes estudados, que muitas tragédias poderiam ser evitadas se houvesse um treinamento específico que envolvesse uma equipe. De fato, certos conflitos existentes nas relações interpessoais presentes no cotidiano do setor aéreo, quando gerenciados incorretamente, levaram a momentos desagradáveis, gerando inclusive situações irreversíveis. Sendo assim, esse trabalho busca apresentar o Corporate Resource Management (CRM) em suas diversas aplicabilidades no meio aeronáutico, como também seus desafios em fator humano. Conceitualmente, o treinamento em CRM foi evoluindo por gerações de gerenciamento, encontrando-se atualmente na sexta geração, caracterizada pela administração dos erros envolvendo toda a organização. As aplicações do treinamento em CRM visam não somente desenvolver formas de relacionamento e atitudes pró-ativas nos membros que compõem uma cabine, mas sim em todos os envolvidos numa corporação para que o vôo aconteça com segurança. Outro aspecto abordado pelo trabalho, leva em consideração a necessidade do equilíbrio entre a responsabilidade, liability, e a atividade de prevenção de acidentes no momento da ocorrência de um acidente. O erro e a violação são analisados em contraposição à ideologia da segurança que se alicerça em informações confidenciais cuja disponibilidade está condicionada a um caráter não-punitivo. Verifica-se que não há ganho associado à segurança frente ao uso indevido dessas informações. Estatísticas citadas neste estudo apontam, para exemplificar, que erros humanos na área de manutenção e inspeção aeronáutica estão associados a um grande número de acidentes, indicando que a produtividade e fisiologia de seus membros, a conservação do material, e aspectos comportamentais no ambiente de trabalho precisam ser considerados pelas organizações sob a óptica dos fatores humanos como forma de prevenção de incidentes e acidentes. Outro aspecto tratado à luz do CRM, estratégico para indústria aeronáutica, é a certificação de software embarcado, responsável pela integração de sistemas e automação no vôo, haja vista que Technologically Advanced Aircraft (TAA) já chegam à Aviação Geral evidenciando a compulsoriedade do treinamento em CRM, incluindo não somente os pilotos de linhas comerciais, em prol da capacitação à percepção das novas ameaças que surgem na evolução deste novo cenário que se apresenta. Deixa-se, ainda, como mensagem, o desafio presente no estabelecimento de uma cultura de segurança justa com a conscientização de que segurança é um papel de todos, além do questionamento sobre qual o ganho obtido pela imprensa com o uso indevido das informações referentes a um acidente.
Abstract: With the advent of flying in the evolutionary history of transport and the constant technological development, the human being has been a major concern in several aeronautical activities. After the regulation of international activities, the aviation market has constantly sought its improvement by developing systems for increased performance and prevention of safety, among other reasons. However, we can not ignore the importance of human capital during this process in fulfilling its function in the air. The way the members of a cabin, for example, deal with happenings on a flight and your relationship’s dynamics demonstrated, over a number of accidents studied, that many tragedies could be avoided if there were specific training that involves a team. In fact, some conflicts in interpersonal relationships in the aeronautical industry’s everyday when managed incorrectly led to unpleasant moments including creating irreversible situations. Therefore, this paper is to present the Corporate Resource Management (CRM) in their diverse application in the aerospace environment as well as its challenges in the human factor. Conceptually, the CRM training has evolved through generations of management and is currently in its sixth generation characterized by the administration of errors involving the entire organization. Applications of CRM training intended not only to develop forms of relationship and proactive attitudes of members who make up a cockpit, but all involved in a corporation for the flight happen safely. Another issue addressed by the work, takes into account the need to balance between the responsibility, liability, and the activity of prevention of accidents at the time of occurrence of an accident. The error and violation are analyzed as opposed to the ideology of safety that is founded on confidential information whose availability is subject to a non-punitive character. It appears that there is no gain associated with safety with the misuse of this information. Statistics cited in this study point to illustrate that human errors in the field of aircraft maintenance and inspection are associated with a large number of accidents, indicating that the productivity and physiology of its members, the conservation of material and behavioral aspects in the workplace need to be considered in the organizations in terms of the human factors in order to prevent incidents and accidents. Another aspect discussed under the issue of the CRM strategy for the aerospace industry, is the certification of embedded software, responsible for systems integration and automation on the flight, given that technologically advanced aircraft (TAA) has come to the General Aviation evidencing a mandatory training CRM, including not only the pilots of commercial airlines, in favor of building the perception of new threats that emerges in the evolution of this new scenario that presents itself. It lets also as a message, the current challenge in establishing a culture of safety with justice and the awareness that safety is a role of everyone, in addition to questions about what the gains made by the press with the misuse of information relating to accident.
Access: Open access
URI: https://www.repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/845788
Type: Bachelor thesis
Appears in Collections:Aeronáutica: Coleção de Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC ITA - PESafety 2009 - CRM na Manutencao.pdf2,77 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.