logo-ri

Repositório Institucional da Produção Científica da Marinha do Brasil (RI-MB)

Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/846490
Title: Diagnóstico da harmonização das estruturas de controle interno na Marinha do Brasil com a abordagem COSO
Authors: Chagas, Catia de Assis Silva das
metadata.dc.contributor.advisor: Santos, Waldir Jorge Ladeira dos
Pessanha, José Francisco Moreira
Keywords: Controle interno
Harmonização
COSO
Estatística multivariada
Marinha do Brasil
DGPM knowledge areas: Auditoria
Issue Date: 2019
Publisher: Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ)
Description: A atividade de controle interno funciona como um mecanismo de auxílio para a Administração Pública, a fim de conduzir ações de controle de forma econômica, eficiente e eficaz. Sendo assim, o objetivo desta pesquisa é desenvolver um diagnóstico da harmonização das estruturas de controle interno na Marinha do Brasil (MB) com a abordagem Committee of Sponsoring Organizations of the Theadway Commission (COSO). A metodologia da pesquisa classifica-se como descritiva, com abordagem quantitativa. Como instrumento de pesquisa, foi aplicado questionário e empregadas técnicas estatísticas multivariadas na análise dos dados. Os resultados desta pesquisa apontam que a maioria dos responsáveis pelo controle interno nas Organizações Militares (OM) avaliadas são oficiais superiores, do quadro de intendentes e com formação acadêmica em administração. O estudo revelou que a maioria das OM avaliadas apresentaram bons indicadores parciais e globais nos temas previstos na abordagem COSO, logo, em geral, há uma boa harmonização das estruturas de controle interno com a abordagem COSO. Constatou-se que o tema atividades de monitoramento foi importante para a harmonização das OM avaliadas, seguido do componente avaliação de riscos, ambiente de controle e informação e comunicação. Os resultados da segmentação das OM avaliadas em agrupamentos semelhantes apontam para uma classificação com 4 agrupamentos, identificados por meio de rótulos que expressam a harmonização com a abordagem COSO, quais sejam: grupo 1 (Muito Alta) com 19 OM, grupo 2 (Alta) com 8 OM, grupo 3 (Moderada) com 11 OM, grupo 4 (Baixa) com 3 OM. Adicionalmente, em cada agrupamento foram identificados as dimensões (pontos fortes) nas quais a harmonização com as premissas do COSO já está bem desenvolvida, bem como as dimensões (pontos fracos) em que a harmonização com a abordagem COSO ainda não tenha sido alcançada, uma informação útil para a formulação de políticas voltadas ao aprimoramento do controle interno das OM avaliadas.
Abstract: The internal control activity functions as an aid mechanism for the Public Administration in order to conduct control actions in an economical, efficient and effective manner. Thus, the objective of this research is to develop a diagnosis of the harmonization of internal control structures in the Brazilian Navy (MB) with the Committee of Sponsoring Organizations of the Theadway Commission (COSO) approach. The research methodology is classified as descriptive, with a quantitative approach. As a research instrument, a questionnaire was used and multivariate statistical techniques were employed in data analysis. The results of this research indicate that the majority of those in charge of internal control in the Military organizations (OMs) evaluated are senior officers of the board of intendants and with an academic degree in administration. The study revealed that most of the OMs evaluated presented good partial and global indicators in the topics covered by the COSO approach, therefore, in general, there is a good harmonization of internal control structures with the COSO approach. It was verified that the theme of monitoring activities was important for the harmonization of the OMs evaluated, followed by the component of risk assessment, control environment and information and communication. The results from the segmentation of OMs evaluated in similar clusters point out to a classification with 4 clusters, identified by labels that express the harmonization with the COSO approach, which are: group 1 (Very High) with 19 OM, group 2 (High with) 8 OM, group 3 (Moderate) with 11 OM, group 4 (Low) with 3 OM. In addition, in each cluster the dimensions (strengths) in which harmonization with the COSO premises are already well developed, as well as the dimensions (weaknesses) where harmonization with the COSO approach has not yet been achieved, have been identified. useful information for the formulation of policies aimed at improving the internal control of the OMs evaluated.
Access: Open access
URI: https://www.repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/846490
Type: Master thesis
Appears in Collections:Administração: Coleção de Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Catia_Dissertacao.pdf4,57 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.