logo-ri

Repositório Institucional da Produção Científica da Marinha do Brasil (RI-MB)

Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/846869
Title: O emprego do poder naval em manobra de crise : o submarino convencional de propulsão nuclear e suas possibilidades para o nível político-estratégico brasileiro
Authors: Maltez, Fábio Marçal
metadata.dc.contributor.advisor: Martins, Claudio Luiz de Lima
Keywords: Dissuasão
Manobras de crise
Poder Naval - Brasil
Submarino convencional de propulsão nuclear
DGPM knowledge areas: Operações Navais
Issue Date: 2023
Publisher: Escola de Guerra Naval (EGN)
Description: A MB possuirá, em breve, um Submarino Convencional de Propulsão Nuclear (SCPN) incorporado ao inventário do Poder Naval com especificidades que proporcionarão novas capacidades de emprego nos níveis operacional e político-estratégico. Assim, quais as as possibilidades de emprego do SCPN pelo nível político-estratégico em manobras de crise? A Crise é um tipo de conflito iniciado pela ruptura do status quo em relação a uma determinada situação. Caso a crise internacional envolva objetivos políticos-estratégicos, é classificada como uma crise político-estratégica internacional (CPEI). O Brasil é uma potência marítima e sua Amazônia Azul® dimensiona cerca de 5,7 milhões de km2, possui uma grande quantidade de recursos vivos e não-vivos, os quais são fundamentais para a economia do País e podem ser alvos da cobiça e de interesse de outros Estados, fato que provocará CPEI. A análise das vertentes econômica, científica e ambiental da Amazônia Azul® demonstrou a importância estratégica do mar para o desenvolvimento e enriquecimento do País, e a necessidade de proteção contra eventuais ameaças. O Brasil é inviável sem o uso do mar. Há a necessidade da ocupação dos espaços marítimos pelo Estado, sob pena de usurpação alheia, o que terá como consequências CPEI. Para o País se contrapor às possíveis ameaças, foram identificadas as Capacidades Nacionais de Defesa prioritárias, analisadas a capacidade dissuasória proporcionada pelo SCPN e as possibilidades do emprego do SCPN sob as diversas Forças Tipo identificadas. Dentro do conceito da concepção estratégica brasileira, a posse do SCPN reafirmará o compromisso do Brasil com a paz e a cooperação internacional e mudará o nível de interlocução nos fóruns mundiais. As possibilidades analisadas para o emprego do SCPN pelo nível político-estratégico evidenciam que o País terá as condições necessárias para a defesa dos interesses nacionais e para a reafirmação do Brasil como potência regional no seu entorno estratégico. Os efeitos desse hard power contribuirão para concretizar o objetivo principal da sua política externa: o Conselho de Segurança das Nações Unidas.
Trabalho apresentado à Escola de Guerra Naval, como requisito parcial para a conclusão do Curso de Política e Estratégia Marítimas (C-PEM 2023)
Access: Open access
URI: https://www.repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/846869
Type: Bachelor thesis
Appears in Collections:Operações Navais: Coleção de Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
C-PEM_2023_MALTEZ.pdf1,46 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.